neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




ACHO QUE QUERO DE NOVO!




Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 2402 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: MINHA SOGRA (2)
CONFESSO QUE se tiver repercurssão mando as outras fotos de minha sogra !!!...

Publicado em 20 September 2017 | 3:31 am
Confissão: A TENTAÇÃO DA MINHA SOGRA !!!
Eu confesso que no dia de ontem passei um momento dificel !!! Na qual minha sogra, mandou uma foto e...

Publicado em 20 September 2017 | 3:26 am


E agora... O conto de beatriz :

Meu marido de uma hora para outra começou a reclamar do meu modo de vida me taxando como desocupada afirmando que devia procurar algo para fazer porque a vida de dondoca estava preste a acabar. Ria ao ouvir isso porque a empresa que preside com afinco e dedicação é de meu pai e assim continuava de boa como ele mesmo me incentivou ao nos casarmos porém agora não com tanta dedicação de ambas as partes. Numa manhã de sexta acordei tarde ficando na cama pensando na vida como de costume quando tencionava levantar ouvi barulho e vozes na casa mais que depressa tirei a camisola ficando somente de calcinha puxando ela bem para cima deixando ela bem enterrada na bundinha levemente arrebitada e deitada de bruços fingia dormi. Estava quase pegando no sono quando ouvi alguém falando: - Olha cara que delicia. Vamos azarar essa vadia galera. Tremi sentindo me faltar o ar nem conseguindo abrir os olhos para ver do que se tratava quando sentaram na cama com um puxando minha calcinha chegando a arrancar ela de mim com um deles dando um tremendo esporro chamando ele de burro porque podia acordar e vê eles por estarem sem mascaras. Senti o cu piscar de medo pensando no que poderiam fazer comigo quando colocaram um travesseiro em minha cabeça com um deles sentando em cima me sufocando enquanto eles davam tapas em minha bunda me deixando aterrorizada comentando o que fariam comigo e mesmo quase morrendo me debatendo por estar sem ar pensei ser coisa de meu marido que com certeza deveria estar ali com eles sentindo uma tapa na bunda que doeu pra caralho com um deles me chamando de madame vadia e safada ao molhar a mão ao passar em minha boceta. Me pegaram com tamanha facilidade como que fosse nada me virando de frente com a cabeça enrolada num lençol o que facilitou minha respiração e numa brutalidade sem fim pareciam quererem arrancar meus mamilos com beliscões chupadas e mordidas enquanto mãos alisavam minha boceta melada me fazendo tremer quando senti dedos me invadindo enquanto outros massageavam meu grelo me deixando enlouquecida tamanho prazer porém me esforçava ao máximo para conter os gemidos porque não queria dar o gosto para eles me verem gozando. Estava no máximo de minha resistência quando uma mão levantou minha bunda e uma boca grudou em minha boceta chupando com tamanha vontade numa habilidade como nunca fui chupada na vida quando dei por mim estava gemendo entre gritinhos chegando a levantar as pernas para jogar a boceta naquela boca que me dava orgasmos intermináveis sorvendo toda minha essência deixando puro êxtase no lugar. Não conseguia conter o escândalo que fazia quando alguém me beijou fazendo me desfalecer tamanho prazer que tivera num orgasmo intenso e avassalador com eles rindo e comentando que tinha esguichado na cara daquele que me chupava com ele intensificando as sugadas me dando orgasmos sucessivos e delirantes me deixando até vesga de tanto prazer. O que me beijava largou minha boca quando alguém deitou em cima de mim me deixando sentir cada centímetro daquele cacete que invadiu minha boceta melada indo bater no fundo de minha boceta e enquanto socava com raiva parecendo quere me furar ao meio me beijou com igual violência mordendo minha língua e lábios só largando quando uma pica foi esfregada em nossas bocas com ele cada vez mais enlouquecido disputando espaço para chupar aquela vara com o cara dando preferência para ele chegando a me ofender falando que era uma vadia que não sabia chupar um cacete. Estava bom demais apesar do desconforto da humilhação com que me tratavam e assim que um me largava depois de encher minha boceta de porra outro catava e já dolorida sem forças até mesmo para gozar me largaram como que morta com eles fazendo a maior farra quando chegou um tal de pica doce que alisou meus seios gentilmente parecendo preocupado com meu estado perguntando o que tinham feito comigo quando um deles falou que era uma madame dondoca muito gostosa e vadia como qualquer puta, ouvindo isso não sei porque comecei a chorar sentindo aquela mão indo para minha boceta alisando com carinho abrindo meus lábios como que avaliando a situação e com um dedo enfiado em minha boceta o tal pica doce falou: - Nossa vocês judiaram da bocetinha da madame! Tá muito melado aqui vou comer o cuzinho dela. Foi uma farra só e apavorada fui colocada de quatro com o tarado lambendo minha bunda e quando chegou em meu cu me deu um prazer diferente com sua língua rodopiando em meu anel vez ou outra entrava um pouquinho em meu cu fazendo meu prazer acordar e o incomodo que sentia com sua saliva molhando meu cu foi substituído por um prazer imensurável quando a língua serpenteou em meu cu parecendo um motorzinho me fazendo estrebuchar num orgasmo delirante sendo este meu primeiro gozo anal porém todo esse prazer enlouquecedor foi embora quando senti ele pincelando a glande em minha bunda deixando claro que me arrebentaria o cu tamanho calibre de pica e como imaginava assim que começou a meter fiz de tudo para fugir dele porque outro filho da puta ajoelhou a minha frente puxando meus cabelos dando fortes tapa em minha cara obrigando a chupar seu cacete melado e quando a glande conseguiu entrar dei um grito abafado tamanha dor mordendo a pica do cara que deu um murro em minha cabeça quase me fazendo desmaiar e estapeando minha cara levantando minha cabeça pelos cabelos colocou a pica de novo em minha boca jurando me matar na porrada caso mordesse outra vez. Aquela tora estava me matando chegando a querer morrer tamanha dor e para piorar o rapaz a minha frente enfiou sua pica até o talo em minha boca rindo enquanto me debatia por estar sem ar enquanto o que metia em meu cu dava tapas em minha bunda o que aliviava um pouco a dor em meu cu e quando socou tudo de uma só vez urrei abafado de dor e desmaiei. Acordei dia seguinte no hospital e pela preocupação de meu marido descobri que não tinha nada a ver com o acontecido e o bom disso é que meu homem ficou mais prestativo dedicado e atencioso comigo e dias desses me fez reviver o que tentava esquecer quando metia gostoso em meu cu pediu para contar em detalhes tudo o que fizeram comigo e enquanto falava meu homem acabava comigo me dando orgasmos intermináveis como nunca antes em nossas vidas me fazendo de gato e sapato não perdoando nem meu cuzinho o que me deixou extasiada de prazer. Hoje cada vez mais apaixonados e cúmplices um do outro meu homem me presenteia com roupas ousadas me exibindo para todos em nossos passeios pela cidade e quando me pega me faz entrar em parafuso tamanho prazer. Dias desses veio com uma conversa de querer me ver dando para outros porém estou ainda trabalhando nesta possibilidade e prometo contar aqui como foi caso aconteça.



#10064 Comentários - 28-04-2017 - 12:12 PM por beatriz - Sadomasoquismo - Confirmo, É EXCITANTE (11) - Nota negativa! (3)
Remover dos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.