neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   


Aventura de estudantes

Aventura de estudantes




Último post na Rede Social para adultos
"Par Compatível 18+". Faça a sua conta. É Grátis:

simao publicou o seguinte:
em Morenas
Gostaram da minha morena? Bjsss e Abrss
Este post tem 13 fotos.
Clique na foto para ver o resto deste album.


Este conto foi lido 8060 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: amada infiel
Eu confesso que a um ano fui apresentado a Daiane e me encantei logo começamos a namorar e viver jun...

Publicado em 21 April 2014 | 2:47 am
Confissão: Quero homem ou mulher!
Eu confesso que quero dar p muher ou homem. Tenho 36 anos, sou casada moro em Niteroi - RJ, meu mar...

Publicado em 21 April 2014 | 2:42 am


E agora... O conto de Edu e Mari :

Meu nome é Letícia e irei aproveitar que estamos nos conhecendo para contar um pouco sobre mim e as minhas aventuras.

Sou uma menina alegre, sempre brincando com tudo e com todos, mas nunca sendo inconveniente. Atualmente estou cursando medicina e estou no segundo ano. Tenho 19 aninhos, meu cabelo é preto e longo até o meio das costas, meu pai é brasileiro e minha mãe é japonesa, então explica meu olho puxadinho e um meus traços orientais. Como a maioria das meninas de classe média alta, cuido muito do meu corpo, sempre na academia. Tenho o bumbum durinho, pernas bem torneadas e seios médios. Adoro sair, curtir a vida, ler muito, e escrever.

Tenho muitas amigas e amigos e sempre saímos juntos, e foi em uma dessas saídas que iniciou a história que contarei hoje.

Era um dia de calor aqui na capital paulista, e como sempre, saímos da faculdade e fomos a um barzinho colocar a conversa em dia. Estávamos em seis pessoas, eram quatro homens e duas meninas, o resto da turma ainda não havia chegado. Passado algum tempo decidimos que devido ao calor devíamos ir para um lugar mais fresco e foi ai que surgiu a ideia.

- Vamos a minha casa turma, tenho carne e cerveja,e com esse calor será legal um churrasco na beira da piscina. Falou Filipe.

Todos concordaram com a ideia e nos dirigimos até lá então. Filipe mora em uma bela casa em Moema. Mora sozinho já que os pais trabalham em multinacional e normalmente estão fora do pais, faz curso de história. Por ser o filho único ele é um pouco mimado, mas é um gatinho. Junto com a gente estava o Rafael, que tem 20 anos e estuda direito, moreno alto e também de classe média alta. Marcelo que tem 19 anos e faz filosofia, seus pais são empresários, donos de uma rede de supermercados e o Carlinhos, este não sabemos o que o pai faz, mas ele é um gênio em computadores e faz ciências da computação, tem 18 anos e acho que é o mais gatinho de todos eles, sempre com aquele estilo misterioso dele. E ficando por ultima, mas nem por isso menos importante estava a Bianca que é loira, alta, seios médios como o meu e um bumbum grande, cintura fininha e umas pernas que deixa qualquer mulher com inveja, Acho que é uma das meninas mais lindas que já conheci, sempre se veste bem e com roupas que deixam seu corpo ainda mais modelado, estuda medicina comigo e tem minha idade, seu pai tem uma mega construtora e sua mãe passa boa parte do tempo em clinicas de desintoxicação por causa de vícios em remédios.

O calor que vem fazendo em São Paulo é de matar, mesmo ali, tomando cerveja na beira da piscina ainda estava muito quente, os meninos já estavam sem camiseta e sempre se molhavam para refrescar o corpo, já nós meninas não podemos fazer isso.

Carlinhos então falou.

- Pessoal, o calor esta demais, eu vou entrar na piscina, alguém me acompanha?

Filipe e Marcelo curtiram a ideia, quando percebemos eles estavam apenas de cueca se jogando na água, com os pulos que deram espalharam água para todos os lados, jogando água na Bianca e em mim.

- Vocês molharam a gente. Falou Bianca.

- Desculpe Bi, não foi por mal. Se defendeu Filipe. Acho que deve ter algumas roupas que sirvam em você aqui em casa. Se quiser é só pegar.

Como ficamos molhadas, boa parte de nosso corpo ficou ainda mais amostra devido ao roupa colada no corpo e percebemos que os meninos não desgrudavam os olhos de nós. Já que não tínhamos mais nada a esconder, pois já estava aparecendo quase tudo, falei para Bianca que iria entrar na água. Ela ficou olhando o que eu iria fazer e quando percebeu que fiquei apenas de calcinha e sultien, tirou também.

Assim que os meninos nos viram, começaram a brincar.

- Nossa, agora que o calor ficou maior. Falou Rafael.

Apenas rimos e nos jogamos na água. A sensação foi maravilhosa, o calor rapidamente sumiu ficando um clima perfeito, a água não estava muito quente, mas pelo sol do dia todo estava em uma temperatura gostosa. Nadamos um pouco, brincamos de jogar água um nos outros e quando ficamos cansadas fomos a parte mais rasa da piscina e ficamos sentados conversando enquanto tomávamos cerveja.

O papo rolava bem, falamos sobre muitos assuntos, quando surgiu o de lesbianismo. Os meninos assumiram que sempre tem tesão em ver duas meninas se pegando e rebatemos que não temos o mesmo gosto, ver dois homens juntos é estranho. Então Carilhos falou.

- Bom meninas, os homens são ogros, ver dois deles se beijando, as barbas se tocando é horrível, já mulheres são delicadas, quando elas se beijam transmite carinho e ternura. Vocês nunca reparam isso?

- Não, nunca reparei. Falou Bianca.

Então os meninos falaram para tentarmos, ai poderíamos falar pra ele o que sentiríamos.

Acho que por causa da cerveja ou por causa do clima, virei pra Bianca e vi que ela aceitou. Nos aproximamos e toquei sua face, sua pele macia e delicada. Nossos lábio se uniram em um beijo maravilhoso. Sentia sua linguá tocando levemente a minha, nossos desejos eram compartilhados naquele beijo. Não sei quanto tempo durou mais foi ótimo. Quando finalmente nossos lábios se desuniram, olhamos uma para a outra e entendemos o que tinha rolado, então olhamos para os meninos que estavam de boca aberta.

- Caralho manos, vocês viram esse beijo. Disse Carlinhos.

- O que tem o beijo? Perguntei.

- Nossa, o beijo de vocês foi muito sensual.

Quando Carlinhos falou que o beijo foi sensual, automaticamente olhei para o volume em sua cueca e percebi que estava com um grande volume ali.

Me levantei e falei que iria ao banheiro, Bianca prontamente foi me acompanhando. Ao chegarmos no banheiro perguntei o que ela achou do beijo e ela falou:

- Nossa Le, foi algo diferente né, achei gostoso e por mim, podíamos fazer mais vezes. Ao terminar ela riu.

- Eu confesso Bi, já tinha beijado outras meninas antes e até feito algumas coisas a mais porem o que senti quando nos beijamos foi algo muito diferente do que já tinha sentido.

Acho que novamente estava sendo tomada da curiosidade pois estava olhando com outros olhos para o corpo de Bianca, mas era melhor deixar essa curiosidade para outra oportunidade.

- Você nunca tinha me contado dessas suas experiências amiga, um dia terá que me contar melhor. Falou Bianca descontraída.

Claro, imagine chegar para a minha amiga e falar que curto meninas também, aposto que se você não tivesse tomado umas cervejas estaria em choque. Terminei rindo.

- Mas mudando de assunto, não sei se você percebeu, mas os meninos ficaram super excitados com a brincadeira. Estou afim de me divertir um pouco, gosto de deixar os caras excitados. Bianca nesta hora tava com cara de quem queria aprontar.

- O que você esta pensando em fazer amiga – perguntei a ela. - Não esta pensando em transar aqui? Ou está?

- Não amiga, apenas deixá-los com tesão mesmo.

Saímos do banheiro e fomos em direção ao piscina, os meninos ainda conversava, e comentavam sobre o beijo. Quando chegamos entramos novamente na piscina e percebemos os olhares dos meninos então perguntaram:

- E ai, o que vocês acharam do beijo?

- Ah Rafael, eu gostei do beijo, melhor que o beijo de muitos homens. Falou a Bianca.

- Hum, falou o Marcelo, então quer dizer que vocês gostaram, e vai rolar algo mais para vermos?

- Ah sim, falei, o que vocês querem que a gente faça? Tenho um vibrador aqui, quem quer ser o primeiro a ter ele enterrado?

- Hum, quem sabe podemos enterrar em vocês enquanto se chupam? O pau de Marcelo parecia querer saltar pra fora da cueca.

- Como assim, o beijo é melhor que de muito homem? Falou Carlinhos, meio atrasado.

Bianca fez então a proposta, iriamos beijar os quatro e ver qual beijo é melhor.

Me dirigi então a Rafael e o beijei, aquilo estava ficando divertido, o beijo dele era molhado, sua língua parecia querer entrar na garganta de tão fundo que ia, apenas disso o beijo estava me deixando com um pouco de tesão. Depois disso beijei o Filipe, este era muito ousado, pois não utilizava apenas a língua, sua mão parecia afoita percorrendo meu corpo, tentei afastá-la, mas foi meio complicado. Chegou então a hora que mais estava esperando, queria ver como seria o beijo de Carlinhos. Nossos lábios se encontraram e seu beijo totalmente delicado, parecia muito com o beijo da Bianca, também não consegui distinguir quanto tempo durou, pois o toque suave de suas mãos em minha face, nos cabelos estava me deixando doidinha. Quando consegui abrir meu olho percebi a encrenca que havíamos entrado.

Meu sultien estava aberto, meus seios estavam ainda mais amostra, Bianca estava já estava completamente nua. Marcelo chupava seus peitos enquanto ela tinha o pau de Rafael enterrado até o fundo de sua boca. Carlinhos agora colocava a mão em minha xaninha e eu demostrava mesmo sem querer que estava morrendo de tesão com tudo aquilo. Minha amiga estava se divertindo e resolvi que não valia a pena estragar tudo.

Fiquei completamente nua também, sai da aguá e sentei na espreguiçadeira e logo Filipe estava com o pau apostado na minha cara e Carlinhos ainda continuava em meus seios. Abocanhei aquele pau, não era muito grande porem era bem grosso. Ele me pegava pelos cabelos e me puxava como se estivesse tentando fuder minha boca. Carlinhos já era delicado, beijava meu corpo com carinho, me masturbando.

Bianca estava agora vindo em minha direção, tinha a mão dada com os seus dois machos, ela chegou e falou para Carlinhos dar licença a ela pois precisava falar comigo. Assim que ele saiu ela caiu de boca em minha xaninha, ao toque de sua língua meu corpo se contorceu em um frenesi que nunca havia sentido. Ainda continuava com o pau de Filipe na boca que agora parecia muito mais suculento. Os meninos estavam doidos a esta altura. Bianca então pediu para eu me levantar, ficou de quatro com Rafael embaixo dela, já iniciando a penetração em sua bucetinha, ela me chamou mais perto e ao chegar ela novamente me abocanhou, Filipe que a esta altura estava louco de tesão se posicionou atras de Bianca e sem aviso enterrou aquele pau grosso no cuzinho de minha amiga que uivou de dor.

Carlinhos voltou a beijar minha boca e senti Marcelo abrir minha bunda e tentar penetrar minha bucetinha. Como estava em pé, ficou meio complicado para ele, pois por mais que tenha tentado não conseguiu, sendo assim ele não teve dúvidas, quando vi o que estava para acontecer já era tarde, senti aquela rola enorme entrar contudo em meu cuzinho virgem. A dor foi muito grande, lágrimas escorreram de meu rosto e Carlinhos me abraçou dizendo que logo iria passar a dor.

A verdade é que ele tinha razão, a dor começou a passar, mas isso depois de um bom tempo. Sentia cada centímetro daquela rola entrando em mim, as bombadas cada vez mais forte, então veio o meu alivio, um liquido quente inundou meu cuzinho, finalmente o Marcelo havia gozado e estava tirando seu pau de dentro de mim. Eu já nem sabia mais quantas vezes tinha gozado, sei que estava cansada. A boca de Bianca me deu mais prazer do que já senti com qualquer homem.

Bianca ainda recebia uma dupla penetração, pelo seu olhar e sorriso, estava adorando a brincadeira.

Eu me deitei na espreguiçadeira então Carlinhos abriu minhas pernas e começou a me penetrar levemente, senti muito prazer quando aquela rola foi entrando em mim, nossa, não acabava nunca. Era grossa e grande, na verdade enorme, por isso ele foi cuidadoso. Enquanto me penetrava, falava coisas legais em meu ouvido, perguntava se estava doendo, se queria que fosse mais devagar e tal. Estava doendo um pouco por isso sugeri ir por cima, pois tinha mais controle. Bianca sentou ao meu lado com a cara cheia de porra, seus seios também estava sujos e ela parecia muito cansada. O pau de Carinhos entrava e saia da minha bucetinha, eu já estava rebolando gostosamente naquele pau. Carlinhos então falou:

- Nossa Letícia, você é muito gostosa.

Fiquei sem graça mais agradeci e disse que ele é ótimo de cama, ou de cadeira, sei lá.

Mãos percorriam meu corpo, apertavam meus seios, minha bunda, me davam tapinhas, nem sabia quem estava fazendo, estava gostando. Então senti um aperto forte em minha cintura, minha bundinha estava totalmente arreganhada, percebi que era Bianca me abrindo quando um pau entrou com tudo dentro de meu cu. Não sei quem estava me comendo, não era grande o pau e já não doía tanto quanto antes.

Bianca agora transava com Marcelo, acho que ele gosta mais de comer cu do buceta, pois era o segundo cuzinho que estava comendo. Bianca agora sentia o mesmo que senti quando aquela rola enorme me possuiu. Eu ainda não sabia quem estava me fudendo por trás, nem me importava com isso pois estava adorando. Sabem, acho que toda mulher devia provar isso. Ser possuída por dois machos é delicioso.

Carlinhos agora me beijou com uma intensidade muito maior, percebi o que estava para acontecer, queria sentir minha bucetinha ser enchida com aquela porra, e não demorou ocorreu o que queria, nossa, quanta porra. Senti o pau de Carlinhos agora encolhendo dentro de minha bucetinha, acho que o amante que fodia o meu cu percebeu o que aconteceu, pois pouco depois gozou também deixando meu cuzinho agora arregaçado e escorrendo ainda mais porra.

Acho que foi o Filipe que me comeu, pois Rafael estava ma piscina. Logo, segui sua ideia e pulei na água também. Bianca continuava transando com Marcelo que não cansava nunca. Ficamos na água assistindo a cena, logo olhei para os meninos que estavam novamente com suas rolas duras. Carlinho foi transar com Bianca me deixando então com Rafael e Filipe na água. Engatei em Rafael, coloquei minhas pernas em volta de sua cintura e encaixei seu pau em minha bucetinha, nunca tinha transado na piscina, a principio pareceu meio complicado, mas depois pegamos o jeito. Quando todos gozaram novamente ficamos juntos na água, conversamos e descansamos, pouco antes de irmos embora, a brincadeira recomeçou, transei com todos, novamente e eu e Bianca fomos para minha casa, com porra escorrendo de nossas bucetas e de nossos buraquinho. Foi um dia agitado, gozaram em meu cabelo, rosto boca e todos os lugares que conseguiram. Depois disso prometemos nos divertirmos mais, já que agora nós duas podíamos ficar de vez em quando. Tivemos outras aventuras como esta, acho que depois uma mulher faz uma dessas pela primeira vez, aprende o que é bom.

Temos mais aventuras para contar, incluindo outras amigas e festas com mais parceiros. Espero que tenham gostado e agradecemos as criticas para que possamos melhorar.


#3219 Comentários - 01-09-2010 - 11:38 AM por Edu e Mari - Traição - Confirmo, É EXCITANTE (38) - Nota negativa! (0)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.
Nossa adorei estou morrendo de tesão bjs#1 - 10-12-2012 - 09:24 PM por Patricinha - reportar abuso
k.k.k. emocionante#2 - 30-04-2012 - 07:46 PM por Marcela - reportar abuso
legal e exitante estou toda molhadinha!!#3 - 07-01-2011 - 06:40 PM por Daniela Lobo - reportar abuso
Lindo conto. Tbm amaria participar d uma festiha dessa. Não não gosto de dar o ku. Não curto anal. Bjus#4 - 16-09-2010 - 07:41 PM por Jenifer Maria - reportar abuso
Conto bom, legal, não entendi porque esta classificado como tarição.#5 - 05-09-2010 - 02:24 AM por Jordanel - reportar abuso
Legal,fiquei de pau duro,vou ter que ir no banheiro me masturbar, não da para ficar assim. ABÇS.#6 - 03-09-2010 - 09:12 PM por safadointerior3 - reportar abuso
adorei muito bom o conto...#7 - 02-09-2010 - 07:51 AM por Jéssykinha - reportar abuso

Coloque aqui o Seu Comentário sobre este conto:

Seu Nome:

Comentário:

Código anti-spam:      (reescreva o código à esquerda)