neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




COMENDO O IRMÃO E SUA IRMÃZINHA 1ª PARTE



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 48028 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de MULUNGU :



A história que vou contar aconteceu quando eu tinha 15 anos de idade numa pequena cidade do interior do Rio de Janeiro, num mês de férias escolar.
Meus pais moravam em uma casa pequena com dois quartos apenas, fora o sótão. Eu e minha irmãzinha de 12 anos dormíamos em um dos quartos e meus pais no quarto de casal. Costumávamos brincar de se esconder pela casa e no sótão. Minha irmãzinha era uma menina loirinha e de corpinho perfeito, de deixar qualquer um se babando. Nós já tivemos uns pega, mas nunca passou dos beijinhos na boca e chupões na língua.
Nós tínhamos uns amiguinhos de 10 (Ana) e 13 anos (Julio), filhos de nossos vizinhos. Eles eram muito bonitos e gostosinhos. O menino era meio afeminado com corpo parecido com corpo de menina e até tinha cabelos comprido como menina. Vendo de longe os dois juntos, dava para pensar que eram duas meninas.
O fato é que seus pais e os nossos precisavam sair para uma festa de posse do novo prefeito da cidade e os nossos vizinhos não tinham onde deixar os filhos e como eu e minha irmãzinha íamos ficar em casa, eles pediram aos nossos pais para deixá-los em nossa casa. Meus pais concordaram e nós também aprovamos, pois gostávamos dos danadinhos.
Eu tinha uma tesão danada por Ana, mas o safado do irmão disse que eu só brincaria com ela se brincasse com ele também; eu tinha prometido que iria pensar no assunto e depois informaria a ele. A menina também era apaixonada por mim, mas como ela era muito novinha, seus pais não deixaria jamais nós namorarmos e eu e ela só ficávamos na vontade.
Porém, eu senti que o momento de nos encontrar e aproveitar a situação surgiu com a ideia dos pais em deixá-los conosco. Confesso que tive uma ereção só em pensar em tê-la em meus braços; não importava se eu tivesse que comer o seu irmão para calar sua boca, eu o faria com prazer, ou se faria!
Os dois chegaram e foram logo para nosso quarto. Quando ficamos a sós, fomos ver tv e depois assistimos um filme pornô que eu tinha escondido dos meus pais. Claro que isso reativou nossos desejos sexuais um pelo outro.
O Julio disse que eu era todo dele e que eu tinha que começar por ele. Olhando aquele corpo quase feminino e um rosto tão bonito e disse que tava tudo bem.
Todos tiramos nossas roupas ficando só com as roupas de baixo. Vendo a Ana só de calcinha na minha frente, meu pau um pulo dentro da sunga, o Julio quando viu aquilo ficou louco de tesão por mim; ele me pediu para que eu deitasse na cama e depois deitou por cima de mim. Eu senti seu corpo quente e macio em cima do meu. Ele me deu um beijo na boca e colocou sua língua na minha boca para eu chupar; eu chepei aquela língua gostosa com muito prazer; senti seu pau endurecer encostado no meu. Nossos paus se tocaram e segundos depois, estávamos todos lambuzados com nossos líquidos lubrificantes.
Ele desceu a boca pela minha barriga e abocanhou minha pica fina mais comprida e a engoliu até a raiz. Ficou ali com meu pau atolado na boca por uns cinco minutos, até retirá-lo da boca todo babado e colocasse de quatro para que eu pudesse enrabá-lo. Eu não pensei duas vezes, segurei meu pênis com uma mão e as ancas dele com a outro e fui forçando a entrada do seu cuzinho apertado; ele gemia mais de prazer do que de dou. Coloquei mais lubrificante em seu rabinho e forcei a cabeça do pênis com mais força; o pênis deslizou para dentro do seu cuzinho e ele se encolheu todo, mas não reclamou. Senti que tinha chegado até o fim. Comecei, então, os movimentos de vai-vem e a cada estocada, ele gemia de prazer; nunca vi coisa igual.
Ele disse que ia gozar; eu acelerei os movimentos e ele gozou sem nem sequer punhetar seu pau. O gozo era tão intenso que pensei que ele não ia mais parar de esporrar: um líquido fino e abundante. Vendo aquilo eu não aguentei e enchi seu cuzinho com meu gozo. Nunca tinha gozado tão intensamente na minha vida e logo no cuzinho de um menino. Tirei meu pau de dentro dele e ele chupou o meu pau para engolir o restante da porra.
As meninas estavam de olhos arregalados e as duas tinham feiro xixi nas calcinhas, de tanto tesão que etavam sentindo.

Bem, amigos, não parou por aqui: tem uma continuação muito em breve, não percam.



#8161 Comentários - 28-04-2014 - 08:21 AM por MULUNGU - Teens - Confirmo, É EXCITANTE (106) - Nota negativa! (22)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.