neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




dei pro pit



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 1604 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de taludo :

Eu moro sozinho e trabalhava muito, chegava em casa, casa pequena e bem fechada, só me viam de helicóptero, e assim eu sempre ficava pelado ou com um shortinho rasgado em baixo, parecia saia. Todo dia eu chegava em casa e ia direto pro banho e vestia o shortinho, ia pra varanda brincar com o pit, o pit era um cachorro vira bem preto e de tamanho mediano, era muito dado e possuía um cacete de fazer inveja, desde pequeno, quando eu o encontrei na rua, eu sempre alisava o seu cacete, ele adorava e eu também. eu sentava num sofá que havia na aria e ficava de perna aberta de forma que meu pau ficava aparecendo e o pit vinha e ficava lambendo ele e a beirada do cú, meu tesão ia crescendo e eu virava de bunda pra ele e ele lambia meu cú com a língua dura e áspera e eu gemia e meu cú ia abrindo e piscava sem parar e eu mandava ele por tudo dentro de mim, eu punha a mão no seu cacete e via que estava duro como ferro e aí eu caia de boca e chupava gostoso, era muito quente e pulsava sem parar aí eu virava e punha cú na cabeça do seu pau e ficava pedindo pra ele enfiar tudo e ficar grudado até ele gozar e encher meu cú de porra. como eu gozava batendo punheta e lambuzava todinho meu corpo com minha porra e lambia como uma cadela, ai tesão. até outro dia.



#10118 Comentários - 25-10-2017 - 02:36 PM por taludo - Zoofilia - Confirmo, É EXCITANTE (5) - Nota negativa! (0)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.