neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




Estrada Escura II



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 5981 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de Siberiano :

Entramos em nosso carro, e perguntei a Sueli o que havia acontecido durante aquele tempo que eu estava dentro do porta-malas, ela disse que em seguida, eles a cercaram e perguntaram se ela estava ali fazendo um programa comigo, ela disse que não, que era uma mulher casada. E um deles disse: mas você se veste como uma puta, e que não sabiam o que iriam fazer com comigo. Sueli implorou que não fizessem nada, que tudo podia ser resolvido, sem problemas, foi então que um deles disse: seria melhor que você resolvesse essa situação com a gente. Sueli perguntou de que forma podemos resolver, e outro falou talvez uma pequena transa. Sueli relutou e disse, por favor sem brutalidade. Nesse momento, um deles a pegou pela cintura e começou a lhe beijar, e outro foi por trás e a agarrou, começaram a passar a mão em todos os lugares. Eles a levaram para cima do capô segurando suas pernas, e um deles afastou sua minúscula calçinha, que mal cobria sua buceta, e começou a lhe chupar, enquanto outro já com a pica de fora colocou em sua boca, Sueli começou a mamar e gemer, quando o terceiro que era mais velho falou: enfia logo nessa vaca, ela tá gostando, o que estava lhe chupando colocou um pinto preto para fora de sua calça, era grande e cheio de veias, que brilhava durante a noite, Sueli que já estava toda molhada recebeu aquele instrumento dentro dela e não demorou muito para o negro encher a xana de Sueli de leite, foi tanto esperma que escorria de sua buceta, enquanto isso o outro disse, engole dona, e jateou grande quantidade de esperma dentro da garganta de minha esposa que engoliu até a última gota. O terceiro entrou dentro de nosso caro, no banco de trás e disse: traz essa vaca para cá, Sueli chegando na porta percebeu ele já estava com a pica de fora, era maior que a dos outros, ele disse chupa essa vagabunda. Sueli sentou a seu lado e começou e chupar, era tão grande que não cabia toda em sua boca, enquanto isso outro sentou a seu lado e abrindo suas nádegas introduziu em sua xana. Sueli apenas gemia e rebolava aquele cuzão carnudo, foi então que eles disseram vamos mudar, aquele avantajado deitou-se no banco de trás e disse sobe aqui sua puta, Sueli abriu as pernas e começou a sentar naquele mastro, sentindo tudo aquilo dentro dela, ele chupou os seios de minha esposa e ela excitada começou a beijar aquele negro, o outro aproveitou aquele momento e disse: relaxe dona, e começou a forçar em seu cuzinho, não foi de primeira, ele disse: como você e justa dona, e cuspiu na cabeça do pau e forçou novamente, quando começou a entrar em Sueli. Ela gozava feito uma puta enquanto faziam um 69, demoraram um pouco naquela posição, e quando os negros terminaram de encher os buracos de Sueli com esperma, o negro caralhudo disse: vaca fica de quatro, Sueli se abriu toda no bando de trás e o cavalo começou a beijar seu pescoço e forçou aquela pica no cuzinho de minha esposa que gemia baixinho, mas aguentou aquela enorme pica. O negro deu umas bombadas e gozou forte em seu rabo. Sueli já estava quase desmaiada de tanto gozar, quando eles disseram: dona nós vamos embora, e abriram o porta-malas onde eu estava. Eu pensei comigo, bem feito pra Sueli, ela mereceu a lição, por se vestir igual uma puta. E fomos embora. Ao chegar na pousada, vendo Sueli sem calcinha e toda vermelha, não aguentei e transei com ela. Após chegarmos em nossa casa, descobri um número de telefone na bolsa de Sueli, ela disse que era de uma amiga, e eu pensei, não lembro de nenhuma amiga naquela viagem.



#8027 Comentários - 24-03-2014 - 05:55 PM por Siberiano - Orgias - Confirmo, É EXCITANTE (80) - Nota negativa! (69)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.