neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




festa do pijama colorida



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 2186 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de priscila :

Era um sábado a noite, a mãe da minha amiga viajou para voltar na segunda pela madrugada e eu, ela e uma terceira amiga teríamos uma casa quase sem vizinhos por perto para fazer uma social que foi planejada durante toda a semana. A dona da casa chamarei de leila , eu serei eu e a terceira será jana. Leila nunca tinha experimentado maconha ao passo que eu e Jana já tínhamos tido nossas experiencias, conseguimos comprar bastante bebida alcoólica e estava tudo certo para o tal sábado. Detalhe era final de ano e eu e a Leila meio que passamos o ano inteiro dando indiretas uma para a outra. A leila uma vez me disse que antes do ano acabar e me chupar, levei na graça. Mas nenhum das duas assumia nada. para a tal noite montamos um semi cronograma. Música , muita dança e muita caipirinha. depois de todas levemente bêbadas decidimos apertar um. Foi muito louco porque nenhuma das três tinha experiencia, e mesmo assim dixavamos e fizemos dois backs e um fininho. Ficamos chapadonas e então toda a maconha que tinha acabou. E queríamos mais. Ligamos para uns meninos colegas nosso que tava perto da onde estávamos e tinham prensada. Fumamos esse e brincamos de verdade ou consequência, resultado da brincadeira... todos se chupando. só que os meninos não estavam nos nossos planos então arranjamos um jeito de tirar eles da casa. Mas quando eles saíram nós ainda estávamos acesas e secamos o segundo litro de vodka e começamos a fazer masturbação coletiva com alguns instrumentos que tínhamos . A mais bêbada era leila e decidiu que poderia masturbar alguém. Entramos pelo desafio e de mãos bobas começou um beijo a três e de repente ela pendeu pra cima de mim num beijo descontrolado e começamos a nos roçar. detalhe, nem eu nem ela tinha roçado antes com meninas e eu ainda me encontrava virgem no mundo. A jana ficou um pouco de lado observando nós duas . Com pouco estamos sem roupa roçado de verdade a mão dela corria pelo meu corpo e eu não tinha muita reação estava muito fora de mim. Não fiz o que tinha vontade de fazer. Então ela foi baixando a cabeça correndo a linha por mim e começou a me chupar e eu me permitir gemer. Sentir que algo na nossa amizade acabava de se transformar. Ela chupava meus seios lambia , mordia minha barriga e depois vinha de encontra a minha boca e me chupava como se isso nunca mais fosse acontecer . Numa hora ela me empurrou contra o chão com sua pelves com tanta força que eu disse: _ você não tem um pênis. -não? . E veio com seus dedos em minha vagina apertadinha, entre línguas dedos e vaginas vi o quanto ela tinha sede de mim. E me descobri no mesmo desejo por ela . Mas não conseguia retribuir a altura. Foi quando bateram a porta e corremos para o banheiro... eram os meninos e nós naquele cubículo escuro tentando disfarçar o que estávamos fazendo e ela sussurrou... -me chupa. E empurrou a minha cabeça de encontro ao seu bucetão que eu já tinha visto tantas e tantas vezes. Mas eu não consegui. Olhei pra ela que me puxou pra outro beijo quente e repetiu; -me chupa. Muita coisa passava pela minha cabeça, quando eu deveria só estar muito louca e topando tudo. Me ajoelhei para retribuir as chupadas quando alguém empurrou a porta.



#10079 Comentários - 06-07-2017 - 01:38 AM por priscila - Lésbicas - Confirmo, É EXCITANTE (3) - Nota negativa! (2)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.