neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   



FUI PUTA DE UM VELHO




Último post na Rede Social para adultos
"Par Compatível 18+". Faça a sua conta. É Grátis:

simao publicou o seguinte:
em Orgias
Duas loirinhas gostosas
Este post tem 14 fotos.
Clique na foto para ver o resto deste album.


Este conto foi lido 44847 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Pecados mortais
Eu confesso que sei que uma boa parte da humanidade, mesmo aqueles que frequentam o culto ou outras ...

Publicado em 23 April 2014 | 7:43 am
Confissão: a visita
Eu confesso que quando a prima da minha esposa vem en nossa casa.hhhhhhhhhhhuuuuuuuuuuummmmmmmmmmm c...

Publicado em 23 April 2014 | 7:34 am


E agora... O conto de Angelita :

Depois que briguei com meus pais e resolvi sair de casa, me vi sozinha, sem dinheiro e ainda com um filho pequeno para sustentar. Eu ainda era jovem, bonita, mas não tinha estudado e estava sem profissão. Não sabia o que fazer e estava quase desesperada. Foi quando surgiu a oportunidade de trabalhar como secretária numa pequena empresa. O dono era um senhor baixinho, cabelos grisalhos e aparentando uns 70 anos de idade. A primeira semana foi tranqüila. Eu pagava uma garota para ficar com meu filho e estava tudo correndo tranqüilamente. Só que no final da segunda semana, mas exatamente na sexta-feira, o patrão me chamou na sua sala. Ele disse que tinha que escrever uma carta, mas acabou não ditando nada para mim. Para a minha surpresa, ele veio para o meu lado e tentou pegar nas minhas coxas: "Seu Nelson, o que é isso?", perguntei atônita. Ele não se fez de rogado e continuou vindo pra cima de mim: "Você é muito gostosa, Selma. Eu quero você!".
Fiquei indignada e disse que estava precisando muito daquele emprego, mas que pediria minha demissão na segunda feira e que só não o denunciava por assédio porque não queria me desgastar num processo. Ele não se importou com as minhas palavras: "Olha, se você não quiser trabalhar mais comigo, tudo bem. Mas eu quero você, Selma. Eu pago o triplo do seu salário se você passar algumas horas num motel comigo".
Eu não acreditei na proposta daquele velho, fingi que estava indignada, mas a possibilidade de colocar a mão naquele dinheiro, me deixou tentada a aceitar o que ele me pedia. "Então, Selma, você topa?", ele perguntou.
"Tudo bem, mas você me paga adiantado", eu falei. O velho abriu um sorriso e depois fez um cheque. Olhei a quantia e vi que era o que tínhamos combinado. Ele quis me beijar depois que coloquei o cheque na bolsa. "Nada disso", falei, "só quanto estivermos no motel".
Descemos até a garagem e pegamos o carro. O velho parecia que tinha ficado dez anos mais novo: ligou o rádio alto, começou a contar coisas da sua vida, que não me interessavam e ficava me olhando como se fosse um galã de novela. Que ridículo! Eu me sentia meio enojada de estar indo fazer aquilo, mas confesso que me sentia poderosa, ao ver que um homem pagaria qualquer coisa para ficar comigo.
No motel, ele escolheu a suíte mais cara. Quando entramos, ele quis me beijar de qualquer jeito. "Sem beijo na boca. Puta não beija na boca!", falei e ele em vez de ficar chateado, abriu um sorriso. Me perguntou se eu não queria beber nada. Pedi champanhe. Estava querendo ficar meio bêbada para encarar o tranco.
Bebemos uma garrafa. Ele ficou pegando nas minhas coxas, até que sua mão safada acariciou minha boceta por cima da calcinha. Ele só faltou babar. Quando terminamos a champanhe, eu fui bem profissional. Tirei a roupa toda e me deitei na cama. O velho continuou vestido, me olhando embasbacado: "Como você é linda! Tem um corpo maravilhoso", ele disse. Não me importei com seus elogios. Eu só queria terminar aquilo o mais rápido possível. "Você não vai tirar a roupa?", perguntei. Nunca vi um homem tirar a roupa tão rápido.
Fechei os olhos enquanto ele chupava meus seios. Ficou um tempão lambendo os bicos, mordendo e confesso que fiquei molhada. Ele deslizou até o meio das minhas coxas e começou a me chupar. Senti uma sensação deliciosa e acabei ficando excitadíssima. O velho chupava bem, enfiava a língua toda no meio da minha racha. Chegou a me colocar de bruços e chupou meu cuzinho. Nesta altura, eu estava tremendo de tanto tesão. Sou uma mulher bastante fogosa, leonina, e adoro trepar.
O velho chupou quase meio hora, mesmo assim seu pau continuava amolecido. Ele parou de me chupar e colocou o pau na minha boca. Foi horrível sentir aquele tripinha entre os meus lábios. O velho ficava acariciando meu corpo, minha boceta, tentando me estimular. Segurei a piroca e tentei fazê-la ficar bem dura. Consegui que crescesse um pouco. Lambi as bolas do saco e o velho ficou doido: "isso... chupa minhas bolas... estou ficando louco..." Coloquei a pica outra vez na minha boca. Desta vez ela parecia estar mais dura e um pouco maior. Eu sabia que se colocasse camisinha naquela piroca, com certeza, ela amoleceria. Por isso, montei na pica, segurando-a pela base. Adoro ir por cima e deixei o velho doido. Ele mal conseguia respirar. Eu me virei e deixei que ele visse minha bunda subindo e descendo. Eu acariciava as bolas pra que o pau continuasse duro. Eu também acariciava o meu grelinho. O velho começou a querer enfiar um dedo no meu cuzinho. Eu fiquei louca, pois sentir vontade de dar a bunda pra ele, já que seu pau não era tão grande.
Fiquei de quatro; minha rabiola já estava melada por causa da chupada do velho: "Vem, mete no meu cuzinho", eu disse. Ele me chamou de vadia e eu gostei de ser xingada. "Sou puta mesmo, bem puta", confirmei. Ele me olhou com desejo e enfiou a pica no meu rabo. Começou a bombar com facilidade. "Bate na minha bunda!", comecei a gritar. Ele bateu de leve. "Mais forte!", mandei. Ele bateu com mais força. Senti a bucetinha ficando cada vez mais melada e a pica do velho também ficou mais dura. Ele começou a me xingar de puta, de piranha, dizia que eu parecia uma mulher séria, mas que não passava de uma prostituta.
Eu fiquei excitadíssima. O pau entrava cada vez mais fundo no meu cu. Iniciei uma siririca. Eu já não agüentava mais e comecei a gozar. O velho também não se segurou e esporrou no meio do meu rabo. Fiquei exausta e ele mais ainda. Ficou respirando com dificuldade e pensei que fosse ter um troço. Fui tomar banho e quando voltei o velho parecia morto. Abriu os olhos quando me aproximei: "Você foi ótima!", ele me elogiou. Eu senti um desejo perverso e resolvi maltratar o velho. "Quer me comer outra vez?", perguntei. Ele disse: "Eu não consigo dar duas. Há mais de trinta anos que não dou duas seguidas". Peguei no seu pau e comecei a bater punheta pra ele. "Não faz isso, minha filha. Eu não vou conseguir meter de novo". Continuei masturbando o velho. O pau continuava mais mole que barbante. Eu tinha a cabeça cheia de putaria. Liguei o vídeo num filme de sacanagem. Mesmo assim, o pau do velho continuava flácido. Fiquei de quatro e mostrei meu rabo. Ele ficou olhando, mas com uma cara triste. "Eu não consigo", falou mais uma vez. "Vai me pagar uma fortuna apenas pra comer meu rabinho?", perguntei. "Valeu a pena!", ele disse.
Eu vi que não iria ter jeito e resolvi que era melhor parar de tentar estimular o velho. "Então vamos embora", falei.
O velho se levantou da cama, foi tomar um banho e depois voltou para se trocar. Ele me deixou na porta de casa. "Até segunda", ele disse. "Não vou mais trabalhar com o senhor. Eu agora vou ser puta. Gostei!", eu disse. Ele não disse nada, mas depois me deixou seu cartão. Virei as costas, entrei em casa e mudei a minha vida para sempre...




#3101 Comentários - 04-08-2010 - 03:30 AM por Angelita - No Emprego - Confirmo, É EXCITANTE (67) - Nota negativa! (6)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.
odiei essa porra kk#1 - 05-09-2013 - 04:18 PM por kell - reportar abuso
eu queria da uma chupada nessa buceta.#2 - 06-06-2013 - 05:23 AM por sonia - reportar abuso
concerteza vc é uma puta de verdade#3 - 12-04-2013 - 07:21 PM por pedro henrique - reportar abuso
vç e 100 fiquei com a bucta toda babada agora vou enfiar a pica preta de meu marido de 28çm ai minhabuceta toda melada vou fuder agora fuiiiiiiii#4 - 06-04-2013 - 05:25 AM por vivi - reportar abuso
97593009 #5 - 12-01-2013 - 10:17 AM por ooomael - reportar abuso
Se nao aguenta por que isitir nisso parte pra outra #6 - 14-12-2012 - 03:51 PM por Mariana a pimentinha - reportar abuso
Adorei seu conto #7 - 03-12-2012 - 05:03 PM por Andressa - reportar abuso
eu amei ler esse conto ,fiquei toda molhadinha q vontade de ser chupada.#8 - 30-11-2012 - 05:37 PM por sabrina - reportar abuso
fiquei cheio de tesao gostava que minha desse para velho que trabalha#9 - 08-01-2011 - 08:34 AM por custodio - reportar abuso
nao me ecitou nem to batendo uma esse site e meio ruim#10 - 20-11-2010 - 01:52 AM por Rodrigo - reportar abuso

Coloque aqui o Seu Comentário sobre este conto:

Seu Nome:

Comentário:

Código anti-spam:      (reescreva o código à esquerda)