neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   



Meu padastro me estrupou... E eu gostei...




Último post na Rede Social para adultos
"Par Compatível 18+". Faça a sua conta. É Grátis:

madalena publicou o seguinte:

Sou muito safada, adoro sexo e adorei esta rede social. Fazia falta um local assim. Adoro chupar um pau grosso e quente.


Este conto foi lido 117568 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: eu aposto qualquer coisa que...
Eu confesso que eu aposto qualquer coisa que antes dessa semana terminar a tal da Maria vai postar u...

Publicado em 24 April 2014 | 3:25 am
Confissão: Minha paixão secreta
Eu confesso que me apaixonei por um vereador de uma cidade vizinha, amigo meu, e hoje tive a ideia d...

Publicado em 24 April 2014 | 3:19 am


E agora... O conto de Renata :

Meu nome é Renata, hoje tenho meus 18 anos, mais o que vou contar a vcs aconteceu quando eu tinha meus 12 aninhos, sou morena clara, olhos castanhos, cabelo cumprido, um corpinho magro, um rabinho empinado e queimadinho de praia onde eu ia todo fim de semana como boa carioca que eu sou, e aquela fiel marquinha de fio dental, que eu usava, colacava calça baixa e aparecia, e deixava a maioria dos homens loucos, meu peitinho em foma de limãzinho, pequeninos e durinhos, sempre fui demais, saia escondida pra ir pro baile, e lá de sainha rebolava até o chao mostrando a minha calcinha, e minha bucetinha enchadinha, confesso que embora fosse virgem, eu era bem putinha.
Morávamos eu e minha mãe, embora eu fosse meio revoltada ajudava muito a minha mãe, arrumava a casa, fazia comida para quando chegar do trabalho,ela sabia como eu era, e ela não ficava muito atrás não, saia ia pra praia comigo, e tinha um corpo lindo, e uma marquinha de biquini também, e dava muitos conselhos em relação a sexo, e erámos muito amiga.
Minha mãe começou a namorar um cara lá da rua que eu odiava, ele era bastante rude, tinha uma cara de canalha, era muito na dele, usava um cavanhaque, e tinha um corpo forte e definido, confesso que ele era um tesão de homen, cara de macho sabe, mais não adianta eu o odiava, e ele sabia disso.
Começou a frequentar lá em casa, e eu nem dava um boa noite, minha mãe conversava comigo, mais eu dizia pra ela que não sei porque não gostava dele.
Em pouco tempo ele se mudou pra minha casa, puts eu fiquei muito puta e só vivia enfiada no meu quarto, ele chegava a tarde do trabalho e minha mãe só a noite, por isso eu chegava da escola (estudava de manhã), colocava uma música bem alta, arrumava a casa, deixava a comida pronta e ia pro meu quarto ou pegar um sol na laje.
Um belo dia ele chegou mais cedo que o esperado, e eu estava com um micro-shortinho e a parte de cima do meu biquini, me assustei quando ele abriu a porta, pois eu ainda estava arrumando a casa,
Falei com ele. -Ricardo, vou fazer o almoço agora, vc chegou mais cedo, vai esperar??? ( com uma cara de indiferença)
Ele abaixou o som e disse: - pra vc faz diferença?? queria saber pq vc me trata assim?
Eu disse: só estou perguntando, pq fiz o trato com minha mãe, mas se não quizer, responder problema é seu.
Ele disse: Aé? vou comer sim e vê se não demora
Olhei com uma cara de ódio pra ele, e fui fazer a comida, quando terminei fui até a sala avisa-lo e ele não estava, fiquei puta e fui procura-lo, ele estava no quarto, só de short, com o pau duro, de olhos fechados, e tocando uma punheta, gemia e dizia: - a Renatinha, você é uma putinha muito abusada, tá merecendo ser arrombada, tá me provocando, andando com esse shortinho, que piranha gostosinha e safada, a puta num tem peitinho direito, mas merece ser fudida.
Ele tocava uma frenética punheta, e logo anúnciou um gozo, chamando pelo meu nome, fiquei abismada, mais quando dei por mim estava molhada de tesao, por saber que ele sentia aquilo por mim, mesmo sem gostar dele fiquei louca de tesão, e fiquei pensando naquilo.
desci as escadas, e o gritei, dizendo que o almoço estava pronto.
e ele disse: - só vou tomar um banho, e vou descer.
Ele desceu, e eu já ia subindo quando ele segurou meu braço, e disse:
- almoça comigo, vamos parar com isso Renata, poxa, não fiz nada pra você ser assim comigo, pelo contrário, eu até gosto muito de vc, vamos conversar
Eu disse: - olha ricardo, tudo bem vamos dar uma trégua, tá bom! vou almoçar com vc, só deixar eu tomar um banho.
Fui tomar banho, e notei que minha pequenina buceta estava molhadinha, aí que tesão!! tomei banho, e resolvi provoca-lo, brincar com ele, já que o odíava, mas adorava a idéia dele estar com tesão em mim, desci com uma sainha de prega, dessas de pano molinho, e um top pequenininho, sem calcinha, me arrumei mais.
quando desci, vi o pau dele subir, pois ele estava de short, ele sentou - se a mesa rápido
E disse pra disfarçar: - que fome o que vc fez de bom?
Eu sorri e disse: - franguinho, salada e arroz.
ele - nunca falei isso pra vc mais eu adoro a sua comida!!! e vc está muito bonita, mais se me permite dizer, essa sainha tá muito sexy, tá cheio de tarado por aí menina!!
Eu sorri e disse - a mais se um tarado vier, é capaz dele correr de mim kkkk.
Ele riu e disse: -porque vc diz isso menina, vc é tão novinha, apesar de ser linda!!
Então eu disse: deixa quieto, vamos comer.
Pus a comida dele, e pela 1 ª vez, comemos junto e ficamos conversando, ele me perguntou da escola, e mencionou que soube que ue estava indo po baile, e que sabia que eu estava saindo com um menino. fiquei séria, e perguntei:
-o que você tem haver com isso
e ele disse: - desculpe minha linda, mais só estou te alertando que as pessoas gostam de fala e se sua mãe souber não vai dar certo, vc já faz alguma coisa com ele?
perguntei:- alguma coisa o que?
e ele disse: - sei que vc e nova, mais não é santa, não me leva mal, mais estou falando de sexo.
Eu ri e disse: não tá doido, brinco muito, mais sexo só com quem eu gostar de verdade. vamos acabar com esses asunto já estou sem graça.
Então percebemos que começou a chover, e já estava ficando tarde, levantei lavei a louça do almoço, e quando percebi já estava caindo um temporal, sai correndo para tirar a roupa da corda, e pedi a ajuda a Ricado, e ele subiu junto comigo, vindo atrás de mim, senti que ele estava olhando embaixo da minha saia, e só de sacanagem rebolei mais enquanto subia,
derrepente ouvii ele susurrando: - puta que paril, que gostosa...
eu perguntei: - o que foi?
e ele disse: - nada não
Tiramos a roupa da corda, ficamos molhados, e percebi que ele ficou com olho vibrados em meu peitinho, quando olhei estava transparente e os biquinho durinhos.
sai correndo e fui trocar de roupa, o telefone tocou, atendi e era a minha mãe, dizendo que o centro estava alagado e que não teria como vir pra casa, que ia dormir na casa de uma amiga, pediu pra falar com Ricardo, que falou que iria ficar tudo bem, que amanhã se fosse nescessário iria busca-la.
Ele desligou o telefone e disse: -nossa que chuva né renatinha, agora vai ficar só eu e vc em casa que droga!! olha eu aluguei 7 filmes quer ver comigo??
Eu disse: é vejo sim eu ia sair, mais tá chovendo tanto... vou ficar aqui mesmo, mais antes vou tomar um banho!
E ele disse: vou lá pegar os filmes, e organizar umas coisas, quando vc estiver pronta vc fala.
Fui pro banheiro, e não sei por que me senti muito exitada com aquela situação, e decidi, provocá-lo, sem ter noção da onde aquilo iria dar. Desci de vestidinho de dormir sem calcinha, como estava muito frio, desci com o meu edredom, ele já estava lá sentado no sofá
e prontamente disse vamos: - ver o filme?
e eu disse: - vou fazer pipoca!! quando levantei, a luz apagou.falta de luz, e um temporal daqueles que droga.
ele disse: vou pegar velas, mais que caos.
Vou confessar que fiquei com medo do escuro, e aonde ele ia eu ia também, resolvemos sentar na varanda, e ficarmos conversando.
Começamos a conversar, sobre escola, meus amigos, até que ele me perguntou o porque de eu o odiar tanto, eu disse a ele que não sabia, talvez fosse cíumes da minha mãe, e etc, ele disse: -
posso te fazer um pergunta? vc já pensa em sexo?? ainda é virgem?
E eu muito sem graça respondi: - penso sim, penso muito, mais ainda sou virgem.
e ele disse: mais tem vontade meu amor?
E eu disse: - eu tenho medo, mais tenho vontade!!
Ficamos em silêncio, então ele disse: vou lá dentro pegar uma bebida que eu comprei, muito boa, toma-se com coca-cola, contini.
eu sorri e sem esperanças perguntei: - posso tomar também,
ele riu e disse: pode mais num conta pra sua mãe.
Concordei, ficamos na varanda, tomando o tal do contini com coca-cola, enquanto chovia, eu comecei a sentir um calor, e comentei.
-nossa que calor. ele ficou calado
não demorou muito para que a conversa começar a esquentar, e derrepente percebi que seu pau estava duríssimo, e ele já não tentava disfarçar, e eu não disfarava para olhar
ele me perguntou: - já viu uma piroca de 23 cm???
eu ri e disse: não, na verdade nao tenho muita noção de tamanho, vc e minha mãe transam muito, e ela é gostosa
ele riu e disse: sua mãe? é uma delícia, rebola tão gostoso, que e ficou louco, e vc deve ir pelo mesmo caminho, vc tem uma bundinha deliciosa, e vou te ser sinsero meu sonho e te ver peladinha pra mim, só ver, me realiza esse sonho.eu te pago se vc quizer, mais tira roupa e rebola pra mim.
Eu ri e disse: quero 50r$
ele falou: - te dou 30 agora, e 20 depois, por isso que eu gosto vc é uma bela de uma puta safada
Fomos para dentro, ele acendeu algumas velas e eu já bem alta da bebida, comecei um estrip-tease, rebolando, tirei a roupa e fiquei peladinha, dançando, ele tirou sua vara pra fora, meu Deus que piroca linda, retinha, cabeçuda e enorme, grossa de mais. Derrepente ricardo começou a tocar punheta e disse vc quer me provocar né sua puta safada eu vou te arrombar,
eu brincando disse: sem me tocar
Ricardo veio na minha direção, me agarrou e me beijou, me mordendo, eu tentava empurra-lo mais era em vão, ele era enorme, eu pedia pra ele parar, mais não adiantava, quando so com uma mão ele me pegou e me deitou, e eu pedindo pra ele parar, e ele me pedia pra ter calma que eu ia amar, eu lutava com ele, até que ele segurou minhas mãos, sentou em cima de mim, e disse: - se vc aceitar, te garando que vai ser bom, eu sou louco por vc, minha pincesa!!! deixa e te fazer mulher
Eu chorava, e implorava para ele parar, mais de nada adiantava, já cansada de relutar, Ricardo, desceu abriu minhas pernas com brutalidade, e caiu com a cara na minha buceta, ele gemia e dizia: - cheirando a bebe, minha bêbê... lambendo feito um cachorro louco e me chupava, com força mordia, e ao poucos eu senti prazer naquilo, meu pequeno grelinho estava inchadinho,e eu comecei a rebolar com a minha bucetinha na cara dele, quando dei por mim, já estava segurando a cabeça dele, empurrando contra a minha buceta, esfregando com força,
E dizia: você quer então toma!!!. Eu já estava sufocando ele com minha buceta enquanto ele gemia, e esfregava a cara na minha bucetinha. e eu gemia, mais pedia pra ele parar,
Derrepente caiu a minha ficha, ele era marido da minha mãe, eu não podia fazer aquilo, comecei a gritar, e mandar ele parar. Ele levantou a cabeça, e disse cala a boca sua vadia, eu sei que é isso que você quer, eu não escutei gritei mais ainda, ele me deu um tapa com muita força e disse, cala a boca!
eu já chorando, disse: - para ricardo, vc tá me machucando.
e ele disse: eu sei que vc quer, fica me provocando, estava rebolando com essa bucetinha na minha cara que nem uma puta, vc quer, ninguém precisa saber, fica só entre agente, vai ser bom, só vou te machucar se quizer, agora cala a boca que eu vou te fazer mulher, se entrega, Renatinha, sou louco por você, vem meu amor!!!
ele comeou a me beija e me acariciar eu já não sabia o que eu queria, quando fui amolecendo, e quando dei por mim, estava ali, dando beijos quentes, e agarrada, nele!!
e disse: então tão tá, me faz mulher, me fode... faz gostoso me arrebenta essa noite eu sou sua.
ele nem pensou, me pegou no colo, e eu com as pernas em volta de sua cintura, me levou pro quarto e me deitou na cama...
e continuou chupando a minha buceta, jogava coca-cola com contini, e chupava, depois foi minha vez, comecei a chupar aquela piroca que nem cabia direito na minha boca, mamava com raiva, com vontade, ele segurava a minha cabeça e começava fuder frenéticamente a minha boca, o pau dele ia tão fundo, que chegava a me dar aquela ancia a de vômito, ele parava e dizia: - respira cadela, agora toma mais.
Era um sexo agressivo e exitante, então, deitei havia chego a hora, do que eu temia, ele com aquela pica toda e aquela brutalidade ia me arrombar. mais não ele com carinho abriu minha perninha, e ficou pincelando aquela piroca na minha buceta, ja enxarcada,eu por minha vez, mexia o quadril, frenéticamente, com vontade de gozar já, e empurrando pra frente para aquela pica entrar, já nao tinha medo só tesão, então ele deitou em cima de mim e começou a forçar a portinha, eu gemia e ele ria e dizia: vai piranha rebola, que entra tudo. isso amor tá bom, isso seja minha mulher vamos, isso!!!
derrepente sentimos um estaque, era o meu selinho que se rompia, ele parou e aproximou ma vela, e percebeu que estava sagrando,
ele disse: - olha amor, agora vc é oficalmente minha, arrombei sua bucetinha, olha o sague da sua virgindade, e começou a mamar a minha buceta.
e eu gemendo dizia: aí pq vc está fazendo isso comigo, vc me arrombou, agora me come amor...
e ele obediêntemente continuou, a me foder, e bombar a minha bucetinha recém estreada, ele metia e num beijo longo e gostoso agente se amava, nossa eu já estava amando aquilo, e os carinhos dele já me deixavam louca, nos acaricíavamos, e trocávamos de posição, até que ele me pôs de 4, e ficou quase 20 minutos chupando meu cuzinho, e eu rebolando, e ele disse: - esse aqui é meu solnho de consumo, eu quero fuder seu rabo, mais quero que vc pedindo!!
Parei e olhei para aquele pau enorme e disse: Não ricardo vc vai me machucar é sério!!
O filho da puta começou a enfiar o dedo no meu rabinho e eu pedindo para parar, mas depois de algum tempo eu me acustumei, e quando menos esperava já etava pedino pica no cuzinho, senti aquela pica cabeçuda me envadir, meu deus que dor, ele foi empurrando, me fazendo chorar de dor, mais depois eu só sentia aquela piroca entrar e sair do meu cú e um tesão louco. então senti a porra no meu cú, caralho que tesão, rebolei, pra não desperdiçar, e depois dele ter gozado no meu cú, ele sentiu que eu estava quase gozando tirou a pica do meu rabo e socou frenéticamente na minha buceta, e então o inesperado, um jato, na barriga dele, era eu gozando gemendo feito louca, ele logo tirou o pau e caiu e boca na minha buceta, bebendo toda a minha goza....
Deitamos um ao lado do outro e sorrimos, e eu disse: você me deixou apaixonada por vc e agora?
E ele rindo disse: vou te comer, pra sempre, minha enteada linda...
e assim é até hoje....




#2368 Comentários - 27-12-2009 - 07:28 PM por Renata - Diversos - Confirmo, É EXCITANTE (295) - Nota negativa! (24)
Remover dos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.
eu acho muita covardia da parte desse macho nojento e da muleca tbm...... mais senti ate um certo tesao ao ler esse conto.....rs#1 - 26-12-2013 - 12:46 AM por yuri - reportar abuso
NOSSA FIQUEI MUITO EXITADA E ME TOQUEI ENQUANTO LIA ESTE CONTO IMAGINANDO A CABEÇA DO PAU ENTRNDO EM MIM E GOZEI GOATOSO#2 - 16-11-2013 - 05:17 PM por COROA COM MUITO TESÃO - reportar abuso
adorei, nossa até gozei aqui. Renata tambem transo deste os 12 anos. me add pra conversamos. daniele.gauchinha@hotmail.com#3 - 27-10-2013 - 01:31 PM por daniele - reportar abuso
na boa vc nao tem e vergonha nessa sua cara , pra min vc e tudo de ruim q uma mulher poossa ser, VAGABUNDA .#4 - 22-08-2013 - 12:29 AM por lucas - reportar abuso
Muitaa criatividade perversa...#5 - 19-07-2013 - 01:22 AM por lola - reportar abuso
melige 043 91942205 beijo se agem persiza ?#6 - 07-07-2013 - 07:46 PM por paulo - reportar abuso
ai se eu tivese no lugar do seu padasto eu fazia muimto mais#7 - 07-07-2013 - 07:43 PM por paulo - reportar abuso
gostei#8 - 07-07-2013 - 07:41 PM por paulo - reportar abuso
garotas do litoral d sp q quiserem gozar gostoso e so me add: loironick69@hotmail.com#9 - 04-07-2013 - 01:31 AM por nick - reportar abuso
kara nada a ver uma criança perder a virgindade com um cacete de 23cm e dar p rabo vc e louca#10 - 03-06-2013 - 10:12 PM por lais - reportar abuso

Coloque aqui o Seu Comentário sobre este conto:

Seu Nome:

Comentário:

Código anti-spam:      (reescreva o código à esquerda)