neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




O Despertar de Ana



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 1110 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de miguel :

Sou casado há 8 anos, um casamento normal, somos felizes na cama entendemos nos, mas há algo que sempre lhe escondi... Anos antes vi fotos dela beijando um namorado antigo, isso exitou me de imediato, imagens dela nua com ele a foder invadiram me o cerebero, tive de me masturbar logo ali. Essa fantasia sempre me torturou e sempre que algum olhava para ela tinha mais exitação que ciume.
Ela (A Ana) é bonita, com formas cheias, media de altura, olhos claros lindissimos, loira com laivos de castanho, uns seios pequenos e um rabinho bem latino que sempre atraiu o olhar masculino. Sexualmente um pouco timida mas sempre senti que era receptiva a pequenas taras.
A oportunidade de falar sobre a fantasia surgiu quando viamos um programa americano sobre o tema do cuckold, ela viu comigo e ria se, eu de forma descontraida perguntei lhe o que ela achava, ela ria se dizendo não ser capaz, mas perguntou me tambem, eu disse lhe que a ideia me exitava. Ela vermelha disse me que eu era louco, e que certamente teria ciume, respondilhe afirmativamente, teria ciume sim isso seria parte do picante... Ela mudou de assunto mas a semente tava plantada.
Fui insestindo dizendo que era algo que desejava experimentar, e sentia a resistencia nela quebrar, sendo que a dada altura perguntou mas escolhias quem? Escolhiamos os dois claro ela queria alguem desconhecido decerto, ela sempre se ria, dizendo que qualquer dia aceitava e depois eu arrependia me, eu claro dizia que lhe não.
Pus um anuncio sem ela saber, e apareceram varios candidatos, alguns com bom aspecto mas muitos enviandos fotos do penis, estes iam afastala pensei, escolhi os que tiveram mais \"classe\" e mostrei lhe, se ela reagisse mal acabava ali a fantasia...
Para minha supresa pôs se a ver com um sorriso brincalhão, olhava para as fotos e para mim, como a picar me, eu tava tremendamente exitado. Um dos candidatos um Homem com um fisico de ginasio, verdadeiro armario ela apontou e disse, \"Nem deste tinhas ciume?\" Eu disse que claro mas fazia parte, ela riu se e eu decidi falar com ele, nessa noite fizemos amor furiosamente.
Liguei ao moço (Mario) e combinamos um café a dois, mostrei lhe algumas fotos dela do Facebook, despertando o interesse dele, disse lhe que era algo novo para nós e ela desistir ou não querer, ele aceitou disse que se não tentassemos é que nada aconteceria, e falamos sobre o que eu queria, ele disse me que já tinha feito algumas vezes e perguntou me como eu reagiria, disse lhe que teria um misto de tesão e ciume, ele sorriu olhou para as fotos no meu telemovel - \"Bem Boa\" e riu se.
Depois do café tive de me masturbar tal era a exitação.

Contei-lhe e ela reagiu de forma mais fria, perguntei lhe se ao menos queria ir tomar um café a três, disse que sim mas que ia por curiosidade e educação. Nesse dia foi de vestido azul escuro pelo joelho, ia arranjada, mas tinha roupas mais sexys... O que me derrotou um pouco a esperança.

Fomos ter com o Mario, a Ana ia descontraida como se fossemos ter com uma amiga ou as compras, notei algum nervoso, mas não a senti exitada, pensei que tudo ia dar em nada. Ele escolheu um café descontraido sem musica alta, tinha clientes mas não estava cheio e tinha algumas mesas livres no fundo, cumprimentamos a Ana deu dois beijos da praxe no Mario e sentamos com a Ana entre nós os dois, reparamos que a moça que atendia as mesas parecia conhecelo pelos sorrisos que dava, eu reparei que era linda e a Ana comentou logo isso, o Mario disse que sim completamente seguro dele sem dar nenhum piropo foleiro a ela, o que descontriu a Ana. A conversa foi indo rumo ao sexo como era natural, a minha mulher na segundo pinochet ria se já avermelhada nas bochechas, ele era bom conversador, e rodeava o assunto com mestria. A Ana levantouse para ir ao WC, retocar se como disse rindo, eu aproveitei e pedi lhe desculpa não acreditando que nada ia acontecer. O Mario riu se, e disse me com uma enorme confiança, \"vou comela hoje\" surpreendime e senti logo o meu pau a entesar.

\"Ana não queres só conhecer o meu quarto? o Miguel (eu) tambem vai é claro!\" disse a rir se! Não se preocupem tou sozinho na cidade e só queria um pouco de companhia, quando sentirem que é tarde vão á vontade. E o hotel é lindo...\"

Ela disse que realmente tinha curiosidade nesse hotel, a empresa dela tinha já lá feito um evento e não tinha podido ir (algo que ela nunca me mencionou), mas rindo se, só queria mesmo ver o Hotel. Fomos todos no nosso carro, já que o Mario não tinha trazido o dele, a conversa no carro nada de sexual teve e pensei para mim não ter a mesma certeza que ele. Mal chegamos ele foi pedir o cartão do carto, a Ana falava sobre o Hotel mas seguia comigo para o elevador e deste para o quarto. Aqui senti me a entesar, uma tesão brutal e a cara vermelha, a Ana também avermelhada mas tinha bebido uns copos. Entramos e o Mario pos nos a vontade, aqui houve um silencio, eu tava deamsiado hesitante e a Ana calada.

Ele voltou de shorts, era mesmo corpo de ginasio musculação até e o enchumaçao retirava o famoso estigma, aí sentime enciumado e um pouco inferiorizado, pois ela olhava o com os labios entreabertos vermelha.
\"Ana o Miguel quer e tu estás interessada\" disse ele, \"isto é uma fantasia a três um momento que vamos ter nada mais...\"
A Ana olhou para mim e num tom quase calado, \"Miguel tens a certeza?\" ele afinal tinha razão tinha lido ela, a minha mulher, melhor que eu. Senti um frio no estomago, mas e se fosse eu a desistir? Olhei para o Mario e vi os olhos dele a percorrela e o enchumaço a aumentar, a definir, isso entesou me.
\"Sim Ana eu quero esta fantasia, quero ver te a ter prazer...\" E quase me vim de tesão... Ela sorriu e beijou me.
\"Bem já que o casalinho tá de acordo, agora a Ana punha se mais a vontade e eu tambêm é claro\" disse sorrindo, tirou os shorts e o sexo dele saltou para fora, era grande e tava teso apontando na direcção dela, ele pos se a descascar a prata de um persevativo e colocou o, reparei que era azul e de marca, diza aloe vera, ri me deste pensamente tão quotidiano naquele momento. A Ana pediu me ajuda para abrir o fecho, corri o para baixo e beijei lhe as costas, ela estava quente...
A minha mulher tirou o vestido, descalçou se e despiu as meias de vidro, ficando de cuecas e sotien brancos com pintas vermelhas. Ele olhava a teso e olhou de lado para mim como dizendo \"vês?\".
\"Ana senta te na cama, descontrai\" e aproximouse dela nu de penis feito \"O miguel é assim como eu?\" \"Não, mas é bom amante...\" murmurou a ana... a minha tesão era tanta que nem sentia já ciume. Ele beijou a na boca enquanto lhe desapertou o sotien, ela suspirava, a medida que o tirou, beijou a no pescoço, seios, mordiscando os mamilos tesos e a barriga. Quando ele lhe beijou a cueca, ela afagou o e disse não se ter preparado (ou seja tava com pelos ali), envergonhada numa voz quase de sussurro, ele sorriu pos as mãos em ambas as tiras da cuequinha dela e puxou.
A Ana tava nua com um maxo enorme de corpo e sexo, e eu com a maior tesão que tinha sentido. Deitou a e beijou a na cona, a Ana sempre adorou ser beijada ali, e ele tinha me perguntado disso quando tivemos no primeiro café, e agora tava com a cabeça dele enfiada nas pernas dela... agora subia para a cama beijando lhe o ventre, massagando lhe os seios e colocando um dedo nos labios dela, a Ana contorcia se e quando ele sempre beijando a fixou nos olhos gemeu um pouco, nem se lembrava do marido dela ali.
Ele com os joelhos afastou lhe as pernas e alterou a posiçao dela na cama, fez com que eu a visse aberta para ele, sem aviso meteu o dentro dela, via se o pau enorme a entrar com o leve azul do persevativo a desaparecer no sexo da Ana, penetreou a fundo e lentamente, as nadegas dele subiam e desciam, ela suspirava cada vez k o sentia dentro...
Ao primeiro gemido dela, ele mudou de estrategia, parecia agora um coelho, a fodela furiosamente, ela tola a gemer alto \"ai ai ai\" e eu a suar, a ouvilos a eles, a cama, e o som do penis fodela, shlap.. shlap, teso fixo nela, enquanto ela era uma boneca nas mãos dele. A Ana vem se, \"ai porra que bom\" estremece toda, ele sorri lhe, massagando lhe o corpo, põe na de quatro, e começa de novo a fodela, subindo o ritmo (soube depois que ele no wc tinha tomado um estimulante natural, que eu claro apontei o nome!). A Ana de quatró só gemia, e ele agora falava com ela conversa de foda com o objectivo de me exitar ainda mais:
\"Gostas?\"
\"Sim\" \"sim\" diz ela rouca... \"Aposto que foi o maior macho que já tiveste\"
Ela \"ai tão bom, sim és...\" e vem se outra vez fica vermelha e esbaforida, ele aí pega nela poe na de pé,nua com a cona vermelha e ele com o persevativo coberto de espuma vaginal, vem com ela para a parede ao meu lado, ela olha me meio esgaziada com um \"desculpa mas é bom nos olhos\", e ele fode a de contra a parede, e diz me \"não te disse no café que a comia hoje?\", ela ouve e vem se mais uma vez... Ele desta vez não se controla \"Vou me vir Ana...\" \"Vem te por favor...\" diz ela, ele dá lhe um estocada funda e mesmo a minha frente vem se, gritando.
Saiu de dentro dela com a pila ainda tesa mas o persevativo branco quase até metade.
Ela sento se no meu colo, encharcada, e aos meus ouvidos perguntou me se eu estava bem, eu disse que lhe sim, que a amava e tinha adorado.



#10133 Comentários - 21-12-2017 - 04:10 AM por miguel - Fetiches - Confirmo, É EXCITANTE (5) - Nota negativa! (5)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.