neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




O Sonho de todo homem Comedor



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 13399 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de William :

O Sonho de todo homem comedor

Pra quem não me conhece meu nome é william e o conto que irei contar agora aconteceu na segunda-feira dia 12 de março de 2013 . Peço que todos comentem e que se divirtam lendo meus contos.
Seu comentario é muito importante para que eu possa continuar publicando neste site.

Depois de minha namorada Larissa ter dormido em minha casa de domingo pra segunda, acordamos por volta de umas 06;00 hrs por que ela teria que ir ao curso que faz de administração. Eu como safado que sou, acordei já mal intencionado com uma vontade louca de come-la para que ela fosse com o sorriso no rosto e prestasse bastante atenção na aula e assim, pedi pra que ela ficasse deitada um pouco mais comigo já que ela iria sair dez minutos depois.
Como de custume conversamos sempre historias e experiencias de nossos amigos e colegas da escola e do curso e justamente naquela semana Larissa avia me contado que sua amiga Selma avia dado o cú para seu namorado, e que para isso usou nada mais nada menos do que um creme corporal comum que todos usam no seu dia a dia.
Deitando-se na cama larissa percebeu que meu cacete estava duro, e começou alisa-lo fazendo com que ele lateja-se como se estivesse pedindo para come-la. Logo ela começou a bater uma punheta maravilhosa para mim,v escurregava sua mão macia lentamente de cima para baixo como se estivesse ilustrando meu pau.
Começamos a nos beijar, deixando com que o fogo e o momento tomasse conta de nossos corpos, não queriamos saber de hora, se ela teria que ir ao curso, se tinha algum compromisso, enfim apenas queriamos dar prazer um ao outro.
Pude perceber que ela estava ficando muito excitada, então Iniciei tirando sua blusa, e em seguida seu sutiã. Ao ver aqueles biquinhos maravilhosos não resisti e mamei como um bebê. Eu ia chupando cada pedacinho de seu corpo e descendo com a lingua vagarosamente até chegar em sua linda barriguinha. Podia ver que Larissa já não aguentava mais de tanto tesão que a fiz sentir tanto que pedia para que eu a comesse logo.
Desabutuei os botões de sua calça, abri o ziper e tirei lentamente, como um predador que espera para abocanhar sua presa.
Brincamos um com o outro, logo tirei sua calcinha e minha cueca, e estavamos prestes a fazer sexo. Mas naquele dia queria algo mais, algo que ela vinha me prometendo a muito tempo, e ali seria o dia certo para que ela pudesse cumprir. Seu apertado e gostoso cúzinho a coisa mais maravilhosa que todo homem deseja em comer. Me lembro como ele estava no inicio, todo apertadinho, inocente, prontinho pra receber uma rola de 20 cm. Já podia imaginar o estrago que ia fazer.
Peguei o creme lambusei meu pau e seu cuzinho, estava muito dificiu de entrar mais não seria essa oportunidade bela que eu iria perder, então após algumas tentativas ele escurregou facil, facil em seu cuzinho que apertadinho estava. A coisa mais marivilhosa que eu ja tinha comido na minha vida.
Ela soutava um gemido que se misturava com prazer e dor, e dizia:

Amor vai com cuidado tá bom. Promete que não vai machucar, promete ?
Prometo minha cachorra
Amor tá doendo vamos parar vamos por favor ?
Você é louca agora que já comecei vou comer mesmo
Vai é ? Então come William, come Gostoso. Voce não quer comer essa porra? Vai meu negão enfia toda essa pica em mim.

Avia iniciado lentamente fazendo sua vontade pois ela estava sentindo um pouco de dor, não aguentando mais pois neste momento eu já estavá muito louco fui intencificando minhas bombadas em seu cúzinho que já neste momento estavá todo aberto por meu pau. Ela dizia:


Ai william vai de vagar caralho, porra! Tá doendo amor
ahhh! Tá doendo tá? Ninguém mandou você dar filha da puta agora aguenta
Amor não judia de mim por favor vai.
Você merece, fica queta e me solta, tira a mão de mim aqui nessa porra quem comanda sou eu.

Aquela vadia gemia de mais e para não acordar as pessoas que na casa se encontrava, dei alguns tapas na cara dela, coloquei a mão em sua boca e falei para ela gemer mais baixo afinal, não queria que meus pais subissem em meu quarto.
Não satisfeito, realizando já minha minha vontade de comer seu cú, tirei meu cacete, e coloquei em sua buceta que estava dolorida da foda do dia anterior, e toda encharcada de seu melzinho gostoso que sua buceta avia liberado para a penetração. Meu pau entrou facilmente, deslizando em sua chaninha enchada.
Eu já avia dominado aquela cachorra safada e oque eu pedisse, iria ser feito, ela querendo ou não. Ficamos nesse joguinho por mais ou menos 1hr e meia até que ela pediu arrego e falou para eu gozar. Finalmente dei oque ela queria, bondadas fortes e violentas que me levaram juntamente com ela ao alge do prazer. Tirei rapidamenre de sua buceta gostosa e bati uma rapidamente, mirei em sua cara e ela sentiu, uma chuva de porra quente caindo em sem rosto. A gozada mais gostosa que poderiamos ter.
Terminamos e tivemos que inventar uma desculpa para meus e seus pais que nao avia curso naquele dia para ela, e que, era reuniao de professores. eles cairão igual patinhos, cabulei em meu curso e na escola, ficamos juntos o dia inteiro só conversando quando seria próxima vez que iriamos repitir a dose.
Tenho certesa que nunca iremos esquecer e principamente eu que sempre como todo homem sonhava em comer o cú de minha namorada, mulher, ficante, não importa quem fosse. O importante é ter o sonho de todo comedor com você pois um dia ele se realizará.



Galerá leia meus outros contos publicados aqui no site, é so jogar no buscador os seguintes contos

Virgindade Simultanêa
Onde tudo Começou
Me deu mole e comi na Rua

Espero que gostem e comentem OK! Vlw até mais.



#7434 Comentários - 17-05-2013 - 05:03 PM por William - Heterosexuais - Confirmo, É EXCITANTE (69) - Nota negativa! (39)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.