neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   


Prazer de ser corno manso


Prazer de ser corno manso



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 8364 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Quero um novinho para dominar.
Confesso que sou muito afim de ter um gay novinho como submisso. Para que eu possa foder e dar leit...

Publicado em 20 January 2018 | 12:01 pm
Confissão: Já comi mi há sogra
Namoro a uns 8 anos e minha sogra sempre foi gente boa, muito bonita e uma bunda gostosa demais, com...

Publicado em 19 January 2018 | 11:28 am


E agora... O conto de Meldocecomomel :

Prazer de ser corno manso

Olá eu sou Diego sou um cara normal, eu namorei com a Carla por dois anos ate que casamos o ano passado.
Quando era namorado de Carla ouvia rumores na faculdade e também no meu trabalho que minha então na época namorada me dava corno.
Eu não ligava, pois bem sabia que ela era muito fogosa era uma tarada só bastava um espaço livre já estava trepando com qualquer um, nem se dava ao luxo de manter descrição.
Pois trepava com colegas meus e amigos.
Muitas vezes chegava ao cumulo de atender o celular enquanto estava fodendo e eu ouvia seus gemidos enquanto estava sendo fodida. Eu ficava tão excitado que precisava bater uma punheta se não aguentava esperar chegar ate de noite.
Eu claro que adorava saber que minha namorada era safada, muito desejada por todos os que me conheciam.
E assim namoramos dois anos e sempre fui traído e adorava ser corno.
Até que resolvi e nós casamos, na igreja como era o sonho de Carla.
Suas amigas organizaram uma despedida de solteira e meus amigos fizeram o mesmo.
No dia seguinte seria nosso casamento.
Entre conversas e brincadeiras entre meus amigos na despedida de solteiro saiu uma piadinha sobre corno, meu colega Ivanildo falou: Bem vindo ao clube dos cornos Diego.
-Estranhei e respondi com indignação corno eu?
Todos se entreolharam e sorriram e Ivanildo foi de contrapartida respondendo. Claro todo homem casado é um corno em potencial.Bastou a mulher ir na rua sozinha já e apalpada paquerada então já somos cornos natos.
-Não disse nada, mas eu não queria que meus amigos soubessem que adoro ser corno.
Amo meter na minha esposa e encontrar ela meladinha de tesão por ter acabado de trepar com outro, isto é uma delicia sentir o gosto de esperma de outro na boquinha gulosa de minha esposa que amo e adoro é uma delicia.
-Mas depois que casamos minha esposa Carla ficou um pouco sem gostar de sair, eu me vi obrigado a convidar amigos de trabalho a frequentar minha casa.
Carla andava muito inquieta comecei a lhe dá presentes caros até um carro eu dei a ela, sabia que precisava para ter maior liberdade.
Ela voltou a passear e muitas vezes enquanto eu estava no trabalho Carla minha deusa me ligava dizendo que iria até a casa de sua mãe e demoraria um pouco mais.
Eu concordava e ainda dizia que não se preocupasse que eu providenciaria o jantar caso ela demorasse mais que poderia me ligar.
-Sempre era assim às 17 horas saia do trabalho e dava um toque no celular de minha esposa Carla algumas vezes ela retornava e ao longe eu ouvia gemidos e sussurros, ai pensava a minha putinha ta trepando é hoje que me acabo em chupar sua xoxotinha.
Ela conversava normal sempre com desculpa que estava na casa de sua mãe e com menos de duas horas chegaria em casa. Quando ela chegava de longe eu já percebia seu cansaço,eu ficava radiante e feliz de saber que minha mulherzinha safada tinha trepado gostoso de ficar cansada,me excitava isto ficava louco esperando a hora de ir para cama.
Eu como bom corno ajeitava nosso jantar e logo íamos dormir algumas vezes percebia que Carla não queria sexo, mas como eu estava com tanto tesão ela me dava.
Eu gozava horrores pensando como seria o Ricardão que tinha deixado à xoxota de minha putinha safadinha toda vermelhinha e assada. Adorava chupar seu grelinho sentia que estava mais úmida do que normal.Eu sabia o que tinha acontecido e isto me dava mais tesão.
Assim ficamos por mais de três anos até que um dia Carla me disse que queria conversar comigo e que era sério. Eu assumia que era corno manso, só não para minha esposa.
-Fiquei preocupado, mas entrei de cabeça no papo e deixei minha esposa safada abrir o verbo e confessar que não merecia um marido como eu que queria a separação que eu não merecia ser enganado, que ela gostava de dá pra outros homens que enfim não seria justo ser enganado.
-Carla falou por vários minutos e eu apenas quieto sem expressar nenhuma reação até que comecei a falar.
-Carla meu amor eu sei que você me trai desde os tempos de namoro, sei que você sai com outros homens, sei que você diz que vai para casa de sua mãe e vai pra motel trepar... Sei que já saiu ate com dois machos e chegou a nossa casa exausta dizendo que não estava sentido bem.
-Sei de tudo meu amor.
-Sabe? E o que tem a dizer sobre isto.
-Nada... Eu nada tenho a dizer sobre isto a não ser que te amo e te aceito como você é.
-Eu gosto de saber que minha mulher é desejada, é gostosa e sabe trepar como ninguém.
-Eu gosto de ser corno meu amor. Tenho prazer de ver você feliz.
-Te amo mesmo assim com qualidade e defeitos, aliás, acredito que não seja defeito gostar de sexo. Entre surpresa e assustada Carla ouviu a tudo sem contestar e depois veio me abraçando, começamos a chorar.
Pois ali naquele momento houve um juramento de amor eterno. Eu aceitando minha esposa como ela é estava declarando meu amor por ela.Carla feliz me beijava e entre soluços fomos para o quarto e começamos a transar desesperadamente.
E depois daquele dia minha esposa tornou-se mais amorosa comigo continuava suas transas extra conjugais ,só que agora eu era participante,pois minha mulher tirava fotos, filmava me ligava,enquanto era fodida e depois me mostrava durante nossas fodas foram ficando cada dia mais espetaculares.Eu amava sair de braço dado com minha esposa safadinha e por acaso encontrar com algum macho dele e perceber a saia justa que ficavam.Eu ria de ver o jeito que eles ficavam,sem saber que cada gozo me era relatado e cada tipo de tara eu sabia.Ser corno é ser feliz.
Como algum sábio afirmou em algum dia para ser corno tem que: *Cada gota de leite que é provado pela mulher, noiva ou namorada de um corno manso, deveria ser tido como sagrado. Pois é o prazer de duas pessoas multiplicadas um pelo outro, que resulta num prazer maior que todos, o maior prazer de um corno e provar do leite do Ricardão de sua mulher.
Eu adoro ser corno e cada gozo com outro macho que minha mulher tem é um prazer intenso que sinto,sou corno manso e daí???

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana,17 de agosto de 2014
Bahia: Brasil.




#8870 Comentários - 18-08-2014 - 01:52 AM por Meldocecomomel - Traição - Confirmo, É EXCITANTE (393) - Nota negativa! (366)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.