neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




REDESCOBRINDO A VIDA



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 6963 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de Camille :

Estava sem rumo chorando ao volante pensando nos últimos acontecimentos não acreditando que meu homem me traiu com minha melhor amiga e para piorar pegou sua filha de menor idade e agora estava preso exigindo minha presença na delegacia para auxiliá-lo.
As lágrimas segavam meus olhos por isso encostei o carro naquela avenida inclinando a cabeça encostada no volante chorava muito quando alguém com uma voz suave e mansa perguntou se estava tudo bem e olhando para a janela vi o sorriso mais lindo meigo e encantador do mundo nos lábios carnudos daquela mulher que me envolvendo com seu olhar perguntou se podia entrar e acenando timidamente com a cabeça ela sentou ao meu lado querendo saber o que estava acontecendo se calando ao me ver contemplando seu lindo corpo parecendo ter sido esculpido me deixando curiosa querendo saber como uma mulher tinha coragem de sair assim na rua porque o decote mal cobria os seios volumosos e a sainha me deixava ver a calcinha branca socada na bunda e perdida em pensamentos não resisti quando aquela beldade alisou meus cabelos tirando os de minha face ficando de joelhos no banco segurou meu rosto secando meus olhos e com meu rosto envolvido em suas mãos me deu um beijo suave tipo selinho me fazendo estremecer com a quentura de seus lábios e me vendo arregalar os olhos voltou a me beijar mais intensamente envolvendo meus lábios com os seus e quando sua língua pediu passagem abri levemente a boca sentindo sua língua serpenteando em minha boca me dando um prazer jamais imaginado que até tentei resisti quando ela beijou meu pescoço descendo a cabeça tentando beijar meus seios e me encarando me hipnotizou com seus olhos enquanto abria meu vestido tirando junto o sutiã para beijar alternadamente meus seios me deixando pronta para ter um orgasmo mesmo porque estávamos na rua as onze da manhã além do mais havia outras moças próximo de nos porém quando ela abocanhou meu seio sugando forte dando mordidinha no mamilo apertando meu outro seio com a mão não resisti forçando o corpo para trás ficando esticada no banco que ela destravou fazendo me deitar e se ajeitando entre minhas pernas não sabendo se me beijava ou sugava me os seios me chamando de madame gostosa prometendo me dar muito prazer.
Estava entregue quando ela desceu lambendo minha barriga me forçando a subir no banco e quando suas mãos seguraram o elástico de minha calcinha puxando bem devagarzinho tirando ela de mim até tentei impedir porém quando ela beijou minhas coxas surtei de prazer porque a três anos casada faziam mais de cinco anos que não conhecia outro homem imagine uma mulher e me lambendo a boceta me deixou extasiada de tanto gozar e quando intensificou os chupões e lambidas em minha boceta gemi alto tendo um orgasmo avassalador quando ela sugou forte prendendo minha vulva em seus lábios com sua língua chicoteando em meu grelo quase desfaleci e ainda tremula e ofegante nossas bocas se grudaram com ela partilhando meu gozo em nossas bocas.
Ainda delirava quando ela intensificou o beijo em minha boca enfiando algo em minha boceta achei ser dedos porém sentindo uma de suas mãos em minha bunda e outra segurando minha mão no alto de minha cabeça me apavorei tentando sair dela ameaçando gritar com ela intensificando as estocadas me deixando alucinada de prazer abafando meus gemidos com sua boca grudada na minha e quando mordeu meus lábios deu uma estocada firme segurando seu pinto no fundo de minha boceta fazendo me senti a camisinha inchar dentro de mim no mesmo instante que morria em mais um orgasmo intenso e interminável.
Outras meninas assistiam nosso show quando ela me entregou minha calcinha e vendo que não ia vesti pegou pedindo que desse para ela guardando a na bolsa e se ajeitando ajudou a me recompor me elogiando muito afirmando nunca ter visto tamanha beleza e me dando um beijo na boca saiu do carro me entregando um cartão afirmando que cobrava pelo programa e que no dia seguinte deveria passar lá para pagar ela e abobada muito mais do que já sou fui embora dali esquecendo o maridão com seu advogado me ligando insistentemente e já em casa fiquei horas embaixo do chuveiro pensando em tudo que m,e aconteceu naquele dia e depois de pensar muito peguei minhas coisas e fui passar uns tempos na casa de mamãe.
Naquela semana passei por ali constantemente e em duas ou três vezes vi a loira por ali porém no quinto dia depois de um banho bem gostoso me perfumei toda vesti um tubinho preto bem colado ao corpo sem nada por baixo e fui encontrar aquela dama que ao me ver correspondi seu sorriso lindo entrando em meu carro me deu um beijo gostoso na boca e me orientando me levou para um motel onde passamos o dia todo nos amando com ela me convencendo a dar lhe o cuzinho pratica que meu marido não gostava e quando me pegava me deixava machucada porém agora achei alguém que sabe muito bem como tratar o cuzinho de uma dama ficando viciada nele tendo vezes que passamos o programa todo com ela comendo somente meu cuzinho.
Hoje ainda estou separada do meu marido que esta preso e jurou me matar quando sai da cadeia por ter abandonado ele transferido todo nosso dinheiro para uma conta em meu nome e enquanto isso não acontece vou vivendo minhas aventuras com meus amantes dando mais que chuchu na serra, segundo mamãe e pelo menos duas vezes por semana encontro com meu travesti favorito que me deixa extasiada de prazer. Tenho caso com outras travas como são chamadas porém minha loira é favorita. Beijos Camille.



#9719 Comentários - 11-02-2016 - 04:58 PM por Camille - Travesti - Confirmo, É EXCITANTE (19) - Nota negativa! (0)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.