neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




ROÇA/ROÇA COM OS AMIGOS - INICIAÇÂO



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 2354 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Amigo pica grossa
Ontem dia 16/12/17 fui na casa de um amigo, é praticamente um irmão! Somos amigos a mais de 10 anos ...

Publicado em 17 December 2017 | 9:41 am
Confissão: ESPOSA INSACIÁVEL SAFADA E MAL COMIDA = MARIDO CORNO
Ultimamente traio muito o corno do meu marido pq sou insaciável safada e pra ajudar ele não me come ...

Publicado em 17 December 2017 | 8:55 am


E agora... O conto de GordinhoPassivo :

ROÇA/ROÇA COM OS AMIGOS - INICIAÇÂO
Nasci e cresci num meio rural, onde a subsistência era da agricultura e da pecuária (criação de gado), eu tinha 6 anos e brincava quase sempre com dois amigos, um mais velho 1 ano e o outro mais velho 3 anos que eu. Os pais dos meus amigos tinham cabras e bodes, apesar de serem meninos, após a escola iam para o campo pastorear os animais, eu para poder brincar quase sempre os acompanhava. Os animais têm a época do acasalamento e foi num desses dias que tudo começou, os bodes saltavam nas cabras para fazer sexo e a dada altura o mais velho começou a fazer de bode saltando em cima de mim e dizia para eu fazer de cabra. Informo que sempre fui gordinho, com rabo grande, coxas grossas e as maminhas grandes, meu corpo mais parecia de menina, talvez por isso o meu amigo me escolheu para ser a “fêmea”.
Estávamos vestidos, mas ele roçava o pinto no meu rabo, alguns minutos depois o outro amigo disse que também queria fazer de bode. Alternando entre um e outro ficamos assim até regressar a casa. A partir deste dia, sempre que íamos para o campo com os animais, fazia-mos o roça/roça, eu sempre passivo e eles sempre ativos. Mas poucos dias depois o amigo mais velho sugeriu para ficarmos nus da cinta para baixo, com nossos pintos há vista deu para ver que o meu era o mais pequeno e o do mais velho o maior. Eu deitei de barriga para baixo, ficando com o rabo para cima e de imediato o mais velho ficou por cima a roçar o pinto na entrada do meu cuzinho, assim eu comecei a sentir mais prazer e só pedia mais, enquanto isso e mais novo ficou na minha frente e disse para lhe chupar. Desta forma já ninguém ficava há espera, apenas eles alternavam entre roça/roça e a chupada que eu lhes fazia. Num roça/roça do mais velho eu estremeci e ele também, o pinto tinha entrado no meu cuzinho, isso trouxe mais prazer aos dois e ficamos assim muito tempo, fazendo com que o outro reclama-se que também queria roça/roça. Mesmo penetrando-me não havia ejaculação de nenhum de nós, porque ninguém estava na puberdade, mas todos ficávamos com o pinto duro.
Passaram uns 3 anos, e sempre que era possível fazíamos roça/roça. Agora eu com 9 a 10 anos, o meu amigo mais velho com 12 a 13, por isso, a entrar na puberdade. O pinto dele estava a crescer e engrossar, quando ele penetrava, eu sentia dor e não entrava facilmente, após penetrar todo e começar o vai e vem a dor abrandava e sentia muito prazer, também nesta altura começou a ejacular e lembro que era um prazer enorme sentir os jatos de leite dentro de mim. Eu ficava com o rabinho dorido e inchado, mas só já sentia prazer com ele, com o mais novo quase que não sentia. Quando fazíamos diariamente, meu rabinho nem recuperava e a dor na penetração era maior, eu reclamava, mas ao mesmo tempo sentia mais prazer, aguentando tudo. Então começamos a fugir do outro amigo mais novo, fazendo só os dois.
Quando ficava com o cuzinho inchado e dorido, ao evacuar as fezes, sentia ardência e dor, mas isso só me dava mais vontade em ser penetrado.
Este é meu início sexual e que me levou a ser sempre passivo com outros rapazes/homens até agora, com 51 anos. Sou casado, casamento consistente e tenho um filho e uma filha. Quem me quiser contactar, deixo meu email: gordinho-passivo100@hotmail.com



#10110 Comentários - 15-09-2017 - 11:48 AM por GordinhoPassivo - Gay - Confirmo, É EXCITANTE (10) - Nota negativa! (3)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.