neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




safada deste de pequena 3



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 33637 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Atração por travestir
Bom eu tenho uma tara muito grande por trans minha esposa nem imagina às vezes fico vendo sites aond...

Publicado em 5 February 2018 | 7:13 am
Confissão: Tentação demais pra mim
existe um cara com o qual tenho uma atraçao inevitavel. Ele é muito gato, olhos verdes, cabelo lindo...

Publicado em 5 February 2018 | 6:48 am


E agora... O conto de Marisa :

Olá estou aqui para contar a continuação da minha inicialização no sexo mais vou relatar algumas coisas que aconteceu quando eu era muito pequena pois recebi msg falando que é mentira os meus contos e não é a pura verdade uma menina pequena tbm senti prazer vontade então a minha mãe sempre me falava que eu ia ser pior do que o meu pai quando tinha uns 4 para 5 anos por várias vezes minha mãe e o meu pai me pegava brincando com um travesseiro de baixo das pernas o meu pai não ligava ficava olhando meio de longe mais a minha mãe só faltava me matar ,Eu tinha uma amiguinha da mesma idade e tinha um banheiro no quintal da minha casa para piscina e churrasco enfim nois duas entrava lá e ficava uma passando a mão na buceta da outra viajando quando minha mãe percebia já logo batendo na porta falando que nois tava aprontando que era para nois sair, ficava a noite acordada ouvindo os meus pais fazendo sexo com a mão na bucetinha ganhei uma cachorrinho poodle e quando não tinha ninguém por perto abri as perninhas para ele chupar a minha bucetinha isso muito pequena o meu pai tinha muito filmes pornôs em cima da estante eu pegava a cadeira e subia e colocava os filmes escondidos então eu já sabia muito bem o que era sexo e tem muitas meninas aí tbm que sabe e senti prazer eu comecei cedo sim e verdade não me arrependo mais bom vamos lá a continuação.
Caminhando para casa não parava de pensar que tudo que aconteceu era gostoso e sentir um Pinto dentro de mim seria bem melhor ainda aí comecei a pensar quem poderia tirar a minha virgindade porque sabia que com aquele velho ia demorar muito aí comecei a lembrar que quando era mais pequena o meu pai me olhava brincando com o travesseiro que quando brincava comigo sempre passava a mão na minha pererequinha que quando tomávamos banho junto os pinto dele sempre ficava duro aí pensei vou provocar ele para ver si acontece alguma coisa cheguei em casa ele tava dormindo pois trabalhava a noite fui tomar banho eu dormia no mesmo quarto do que os meus pais aí fui tomei banho e voltei só de toalha e já fiz barulho para ele acorda ele acordou brigando comigo que ele tava cansado e tal aí ainda pelada pedi desculpa coloquei a calcinha é fale vamos brincar de lutinha ele olhou bem para minha pererequinha por cima da calcinha para o meu corpinho de menina e falou vamos aí joguei a minha roupa de lado e fui e ele falou coloca a roupa si a sua mãe chegar vai brigar com vc e eu falei a mãe Ta trabalhando hj esqueceu e já pulei em cima dele e brincando ele dormia de cueca aí ficava pulando em cima dele e como sempre ele passando a mão na minha pererequinha como si fosse sem querer aí o pinto dele tava duro de tanto eu pula em cima aí perguntei pai porque o seu pinto ta duro? Ele ficou meio sem graça e falou que era porque eu tava pulando e esfregando a perereca nele aí pedi desculpa e ele falo que não tem nada e falou vamos continuar brincando e continue comecei a pensar que ia não ia acontecer nada até a hora que tive uma ideia louca na brincadeira ele sempre me prendia e eu tentava me soltar resolvi me mexer e fiquei com a bundinha na cara dele pulando tentando sair nisso vi que tanto eu pular ou sei lá si ele tirou o pinto dele tava para fora e continue a pular tentando sair so que agora tava com a bundinha na cara dele ele começou a morder e tava uns gritinhos aí que ele tava mais e me segurou só com uma mão e falou olha como você é fraquinha só com uma de prendo e a outra mão dele ele ficou passou a mão na minha pererequinha disfarçado eu não tirava o olho do Pinto dele em uma dessas passadas de mão minha pererequinha ele puxou um pouquinho para o lado e como ficava pulando tentando sair ele mordia a minha bundinha e passava o dedo na minha pererequinha e quando senti o dedo dele Hum parei não aguentei soltei um gemido ele tirou rapidinho e falei pai passa o dedo de novo aí na minha pererequinha ele passou e fiquei quietinha ele puxou bem a minha calcinha para o lado e ficou passando e olhando e falou não pode falar para ninguém ta bom minha lindinha só balancei a cabeça que sim ele falou nossa ela Ta suja você não lavou ele direito posso limpar ela falei que podia sim ele me soltou e puxou a minha bundinha para mais perto da cara dele e começou a chupar e lamber e falava nossa Ta muito suja hein lindinha eu gemeia que nem uma cabritinha e pediu para mim deitar de perninha aberta para ele limpar melhor levantei e deitei e vi o pinto dele todo para fora e perguntei pai você vai limpar com ele? Ele falou não mais si você quiser eu posso tentar limpar com ele você quer? Falei na hora pode sim pai acho que la dentro da bem sujo pois não consigo limpar lá ele falou Ta bom o papai vai lá limpar mais você não pode contar para ninguém si não você vai apanhar Ta bom balancei a cabeça que sim ele lambeu mais um pouquinho e falou o papai agora vai limpar lá dentro Ta bom só que é muito sujo e vai doer balancei a cabeça e falei Ta bom pai só que limpa bem Ta bom ele deitou sobre mim eu sumi em baixo ele começou a força eu não parava de gemer ele tava doido para colocar logo é entrou a cabecinha com facilidade e ele falou o papai vai limpar aqui um pouquinho e começou a si mexer ele começou a gemer que nem um louco e falou agora vai doer um pouco lindinha e socou tudo de uma vez dei um grito ele falou e porque Ta bem sujo vou ficar quieto para para de doer fale ta bom pai e gostoso você limpando a minha pererequinha na hora que falei isso senti que ele não aguentou e começou a si mexer e gemer e falar que bucetinha gostosa aí delicia eu também não parava de gemer e ele falou vem aqui em cima deixar eu ver essa bucetinha entrando aqui no meu pau vem na hora que ele tirou o pau de dentro de mim tava todo cheio de sangue e ele falou viu Ta suja meu amor vem sobe aqui sentei e ele me ensinou a pular fiquei pulando por pouco tempo as minhas perninhas não aguentava mais e ele falou vem aqui fica igual o cachorro fiquei de 4 ele socava forte nem queria saber si eu aguentava ou não comecei a gritar e falar que tava doendo para ele parar ele parou chupou um pouco a minha pererequinha e falou deitada e colocou de novo e perguntou si eu tava gostando dele limpar a minha pererequinha e si eu queria que ele limpaze de novo naquela posição tava muito gostoso e gemia muito e falei que sim que queria que ele limpaze todos os dias e ele ficou louco e me deu um beijo na boca e falou lindinha fala para o papai me fode fode e falei ele ficou louco e começou a ir bem mais forte e gozou dentro de mim e tirou e me levou para o banheiro no colo me deu um banho mais o pau dele ainda tava duro ele falou lindinha fica igual cachorro de novo fica e fiquei ele colocou de novo na minha pererequinha e socava e gemia que nem um louco e falou que a parti de hoje ia m foder todos os dias que a minha mãe já era que ele queria saber era da minha bucetinha apertadinha e ficou um bom tempo até gozar de novo dentro de mim me deu um banho me enxugou e me colocou na cama e falou hoje você não vai para escola não vai ficar com o papai aí falei vai limpar mais a minha pererequinha pai ele falou agora de tarde só com a boca lindinha e me deu um beijo na boca e foi esquentar o almoço e ficou me chupando o dia todo até a minha mãe chegar e agir como si nada tivesse acontecido.
Bom gente espero que tenham gostado depois venho contar mais as minhas experiências de pequena confesso que até hoje nunca sinti tanto prazer quando as minhas safadeza de pequena bjos e até a próxima



#9058 Comentários - 09-12-2014 - 06:53 PM por Marisa - Teens - Confirmo, É EXCITANTE (4447) - Nota negativa! (4329)
Remover dos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.