neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




SOU DESSAS II




Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 1321 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Quero casais ...
Ola sou do rio de janeiro e tenho a fantasia de sair com casal onde o marido queira ser corno ......

Publicado em 22 September 2017 | 12:23 pm
Confissão: Minha Prima
Voltei a ver minha prima depois de muito tempo !sempre senti atração por ela porém sempre foi tímida...

Publicado em 22 September 2017 | 12:22 pm


E agora... O conto de meline :

Meu marido estava insuportável não me respeitando nem naqueles dias aproveitando para me convencer a deixar comer meu cu o que resistia fingindo não querer só para ele me pegar a força me deixando maravilhada de prazer tendo vezes que esguichava em orgasmos avassaladores com sua pica atolada em mim. As suspeitas de suas traições se calavam ai e cada dia mais sem vergonha atendia o desejo de meu homem usando roupas cada vez mais curtas e decotadas e quando de vestidos ou saias não usava calcinha, porém resistia quando me pedia para mostrar a bunda para outros e quando atrevia a levantava minha saia em publico fingia estar brava dando lhe bronca que me ajudava disfarçar a excitação que chegava ao extremo molhando a calcinha. De repente começou com uma conversa besta de querer-me ver dando para outro afirmando que é o sonho de toda mulher e me intimando falou que se não arrumasse alguém ele mesmo faria isso. Vendo minha imparcialidade afinal quem ele pensava que eu era me deixando ofendida ao me comparar com as vagabundas que com certeza pegava na rua além do mais tinha sim vontade de sentir uma pica diferente mais jamais ele saberia disso muito menos junto com meu homem. Tinha esquecido o assunto quando numa tarde ele chegou com um amigo que veio instalar um novo programa em nosso computador e ficaria para jantar conosco. Vez ou outra notava o amigo me olhando de forma displicente não me deixando saber suas reais intenções, porém não me atrevia a dar vazão a isso e quando meu marido me pegava na cozinha tinha que me impor senão me comeria ali mesmo na frente daquele desconhecido. Estava distraída preparando a salada quase sentindo o olhar daquele homem em minha bunda meu marido me abraçou por trás me prensando na pia mordendo meu pescoço dando me trabalho para não deixar erguer minha saia o que foi inevitável e sentindo raiva angustia e outros sentimentos ia brigar com ele que calou meus xingos com um beijo que me desmontou e sem importar com o amigo sentou na pia afastou minha calcinha e meteu seu cacete me jogando para cima e para baixo o que me fez entrar em parafuso e num orgasmo avassalador sentindo seu cacete cutucar meu útero apoiou meus pés na pia e agora era eu quem comandava o vai vem sentindo a boceta inchar com os orgasmos que pareciam acumular me preparando para um avassalador e este intensificou quando o amigo rasgou minha calcinha encostando em mim pude perceber que estava nu e de olhos arregalados esmurrando meu homem tentei fugir dele ficando estarrecida ao sentir o amigo mordendo meu ombro enquanto alisava meu cu passando algo gelado nele quando meteu um dedo apesar do prazer mesmo não conseguindo segurar um gritinho de prazer e surpresa me impus com ele tendo que interceder falando para meu marido que assim não porque poderia acabar me machucando e com muito custo convenceu meu marido a me soltar. Não conseguia ordenar os pensamentos chorando muito jogada na cama me culpando por ser cusona sentindo a boceta arder o cu melado piscando de tesão que aumentava a cada murro que meu homem dava na porta parecendo que ia arrombar para me pegar a força e sinceramente ansiava que isso acontecesse. Com a interseção do amigo meu homem saiu dali e pensando em tudo sentindo a calcinha incomodar de tão molhada acabei dormindo. Acordei horas depois no escuro e no silencio da noite sai a procura de meu marido encontrando ele deitado bêbado no sofá e com muita dificuldade levei ele para o quarto de hospedes tomei banho e fui dormir com o grelo estufadinho lembrando o ocorrido lamentando a oportunidade que perdi. Sonhava estar caminhando numa praia e quando a água batia em minhas pernas me dava um arrepio gostoso e num desses acordei com alguém chupando minha boceta com uma de minhas pernas no ombro quando concentrou o chupão em meu grelo estrebuchei num orgasmo interminável com ele intensificando os chupões e ainda gozando tremi por notar que não era meu marido e apavorada tentei me desvencilhar dele ameaçando gritar porém mais que depressa deitou em cima de mim mandando me calar a boca senão me encheria de porrada e que me comeria de qualquer jeito e abafando meus gritos em beijos ardentes mordendo meus lábios senti aquele cacete quente duro como ferro entrando em minha boceta só parando quando a cabeça prensou meu útero parecendo represar meu prazer e se ajeitando melhor começou um vai vem me levando a loucura quebrando minhas resistências e agora meus gritinhos e gemidos eram de prazer implorando para que não parasse e quanto mais metia eu pedia mais e como um motorzinho me fez esguichar num orgasmos interminável e quando me dei conta estava me posicionando de quatro com o cacete voltando a entrar em mim agora de forma mais calma porém intensa e vigorosa e rosnando de prazer ele deitou em cima de mim fazendo me virar a cabeça para beijar minha boca intercalando os beijos para perguntar se podia meter em meu cuzinho e alucinada de prazer sentindo o corpo arrepiado a boceta apertando aquela tora não tive como negar balançando timidamente a cabeça e segurando em minha cintura meteu fundo e rápido em mim me fazendo desfalecer em mais um orgasmo avassalador e ainda gozando senti ele entrando em meu cu me dando uma sensação estranha e quando pedi que tirasse porque queria fazer coco ele intensificou as metidas falando que cagasse em seu pau e num escândalo de acordar o bairro senti ele enchendo a camisinha que estourou em meu cu comentando que meu cuzinho era bem apertadinho melhor que o do meu marido e caindo em cima de mim falando coisas lindas beijando e mordendo minha nuca pescoço e orelha até eu apagar dormindo suja e fedida com ele ainda atolado em mim. O dia chegava quando despertei tomei e depois de um banho troquei a roupa de cama e fui acordar meu marido que numa ressaca tremenda ficou sem graça quando fingi não ver esperma escorrendo em sua bunda e pela sua cara não era só a cabeça que doía. Depois deste acontecimento meu homem ficou mais comedido quando me pega me deixava extasiada porém não quer mais ouvi meus comentários porque quando tentava tocar no assunto me beijando afirma me amar demais e se dependesse dele homem nenhum sequer olhava para mim ficando meio sem graça quando saiamos e como acostumada com roupas curtas e ousadas que agora usava com gosto para provocar meu maridinho. Dias depois recebi flores bombom e cartão do amigo se desculpando e sem meu homem saber estou flertando com o amigo que esta investindo forte para me ter novamente agora de forma consensual e romântica e por mais que tente não estou conseguindo resistir por lembrar o quanto foi gostoso trair meu maridinho com o amigo que para mim tem pica doce.



#10089 Comentários - 13-07-2017 - 04:20 PM por meline - Traição - Confirmo, É EXCITANTE (10) - Nota negativa! (0)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.