neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




Um final de semana inesquecível na casa do Vovô da amiga



Divirta-se no Bate-papo do Eu Confesso. Entre por aqui.



Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 3560 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: MINHA ESPOSA PUTA
SEMPRE TIVE A FANTASIA DE SER CORNO.CONVERSEI COM MINHA ESPOSA E ELA ESTA PENSANDO EM REALIZAR ESTA ...

Publicado em 19 January 2018 | 11:55 am
Confissão: Passei boa parte da minha vida xingando Deus de todo e qualquer nome.
Será que mesmo assim ele me aceitaria algum dia, se eu pedir desculpas, ou devido ao número de ofens...

Publicado em 19 January 2018 | 3:17 am


E agora... O conto de xg :

Oii pessoal, sou a Michellin, e o q vou contar aqui, aconteceu na mansão do avô da minha amiga Vanessa, se segurem q esse conto( q de fato aconteceu) é bem picante, vcs vão delirar! Bom vamos ao q interessa, eu e a Vanessa somos duas universitárias de Medicina, adoramos as festas da facul, as baladas e tmbm adoramos malhar na academia, rsrs, tudo pra ficarmos bem gostosas, rsrs. Falando em academia, vou me descrever como sou, sou morena, cabelos lisos e q vão até as costas, tenho 21 anos,1,68 de altura, 56 Kg, seios grandes e bem firmes, bem naturais por sinal, sem silicone nenhum, kkk, bumbum, rsrs, esse é bem chamativo, pq é avantajado e empinadinho, modestia a parte, não tem quem não repare. Na faculdade, na academia e por onde passo, sou muito cobiçada, muitos homens me cantam, me abordam e tentam dar suas investidas em mim, isso me excita, mais me faço de dificil e não dou chance pra ninguem, pra eu dar chance, o q cara tem q me chamar muita atenção fisicamente ou ter muuuito dinheiro, muiiito dinheiro mesmo, pra botar a mão nesse meu corpitio , rsrs. Como sou gostosa, acho q tenho q exigir mesmo. Bom, como falei, sou bem amiga da Vanessa, somos as mais patricinhas da sala, todo final de semana estamos juntas para relaxar e curtir, diferente do q fazemos todo final de semana, q basicamente é balada, kkk, dessa vez a Nessa(Vanessa), chamo-a assim de Nessa, rsrs, me convidou pra ir na mansão do seu avô, q fica numa chácara, um pouco afastada do centro da cidade, mais disse q lá tem de tudo: piscina, churrasqueira, hidro, academia, quadra de tenis, ela disse q é muito top. Putz, fiquei animadééérrima em ir lá dar uma relaxada, ela me falou q seu avô, não estaria lá, q veria uns amigos do passado, e q tava liberado pra gente ir lá e levar uns amigos se quiséssemos, mais combinamos em ir só nós duas dessa vez. Chegou final de semana, era 13 00 já, o dia tava bem quente, coloquei uma saia curtinha e uma blusinha, coloquei uns biquinis no carro, e fui em direção a chácara pra curti com a Nessa, a chácara fica a uns 20 Km da cidade. Qndo cheguei, me espantei com o tamanho da Chácara, muito grande, o Vô da Nessa foi um ex-deputado, aí ele ficou muito rico, e um dos seus investimentos foi nessa chácara. Pra entrar na chácara, na portaria, me identifiquei e o porteiro (Osvaldo) liberou a entrada, claro q reparei a secada q o porteiro me deu, fez uma cara de tarado, rsrs, depois estacionei meu carro la dentro. Saí do carro, a Nessa não tinha chegado ainda, tava na casa dos pais dela, e disse q demoraria um pouco pra chegar, mais me falou pra ir aproveitando enquanto isso. Eu falei pra ela, pode dexá! kkk, fui em direção a casona q fica dentro da chácara, pensei q deveriamos ter convidado nossos amigos pra curti mais ainda, mas ja q estava sozinha, o jeito era curti assim mesmo. Cheguei na casa, e logo de cara a empregada ja me recepcionou, ela me apresentou a casa, e até mostrou o quarto q ficaria, uau q quarto por sinal, kkk, bom nessa hora tive a ideia de pegar os biquinis do carro e ja sabendo do meu quarto, me trocar pra cair na pisicina, rsrs, foi o q fiz, a hora q fui pegar meu biquini, passei por um jardineiro (jakcson), ele me olhou de ponta a ponta, outro com cara de tarado, kkk, me cumprimentou, mais a cara dele tava muito safada, fiquei até meio envergonhada, mais confesso q essas coisas me excitam tmbm, eu imagino q caras como o porteiro e esse jardineiro devem se masturbar muito pensando em gostosas como eu, kkkk, ai q delicia, kkk, nessas horas solto um lado putinha q eu tenho. E confesso q rebolo ainda mais, só pra enlouquecer ainda mais esses caras. Fui no quarto, coloquei o biquíni de cor branca, o menor q tinha por sinal, bem enfiado na bunda e q só cobre o biquinho dos seios, dei umas 10 olhadas no espelho, pra ver se eu tava gata, e bateu uma coisa qndo olhei no espelho, de aproveitar pra ficar provocando esses caras q trabalham na chácara do avô da Nessa, pensei q ja me secaram um pouco mais vestida, imagine quase pelada como eu tava agora, kkk, a Nessa ainda estava resolvendo umas coisas na casa dela, eu tinha q ficar fazendo algo naquele baita lugar q eu estava, pedi pra empregada me apresentar toda a chácara, ela até falou pra mim, se não teria problema de ir conhecer com tão pouca roupa, ela disse q tem varios homens q trabalham pela chacara e q de repente isso poderia me constranger, pensei comigo constranger nada, eu quero é q reparem mesmo, kkk, falei pra ela q não teria problema, e q passearia pela chacara, mais ficaria mesmo pela piscina, rsrs, então começamos a passear pela chácara, por coincidencia passamos pelo jardineiro de novo, e o porteiro tava junto batendo um papo com ele, qndo me viram, nooossa, quase tiveram um infarto, de frente secaram meus seios, a hora q passei por eles, olho grande na minha bunda, pq dei uma viradinha pra trás e percebi, até escutei um: \"Que delícia\"!, \"Que Cavala\"!. Era isso q eu tava querendo, brincar com aqueles acabados, kkk, me excitei e me diverti com aquilo. Andamos por toda a Chácara, varios peões me secaram, até q chegamos na piscina, nesse momento quem chegou na chácara, foi o proprio dono, o Avô da Nessa, o Sr. Olavo, a empregada reconheceu o som q o carro dele faz, rsrs, e me falou q ele havia chegado, eu apenas ri, e falei q o cumprimentaria depois, rsrs, então a empregada me deixou, e eu fiquei na piscina, foi aí percebi q tinha me esquecido de pegar o bronzeador, voltei ao meu quarto, peguei o bronzeador e a hora q fui voltar a piscina, o Sr Olavo tava entrando na casa, O Avô da Nessa, tem uns 68 anos, careca em cima, pouco de cabelo branco e um pouco gordo, mais o q eu não esperava, é q até ele me secasse, e acho q secou mais q o Jardineiro e o Porteiro, tipo daqueles velhos safados e tarados, me deu um misto de constrangimento com nojo e com tesão tmbm, tudo nessa fração de segundos, então o cumprimentei e ele me perguntou se era eu a Michellin, a amiga da Vanessa, eu falei q sim, ele me perguntou se tava gostando do lugar, falei q sim, (ele não tirava o olho do meu corpo), falei q tinha colocado o biquini pra ir na pisicina, ele falou: ah sim, tudo bem. Aí fui indo e antes de ir chegou um outro velho (Mendonça), era amigo dele, mais muito feio, kkk, bem magrelo e de bigode, esse acho q ja tinha mais de 70 anos, mais não menos tarado, só dei um oi pra ele, e fui cair na piscina. Então, cheguei na piscina, mais confesso q minha cabeça tava mais em todos os tarados q me comeram com os olhos do q me divertir na água, minha bocetinha chegou a ficar molhadinha, passaram varias coisas na minha cabeça. Pq esses caras, com pouca beleza, qndo veem uma gostosa, uma boazuda como eu, bem de pertinho, e q ainda dão um pouquinho de bola pra eles, devem ser muito potentes pra transar, tenho certeza q os quatro ficaram com vontade de me comer, e me comer muito por sinal, rsrs, do porteiro e do jardineiro, até não achei tão estranho, me surpreendeu o avo e o amigo do avo da Nessa, com aquelas idade e mesmo assim com vontade de me pegarem. Me joguei na água, e dei vários mergulhos, foi muito prazeroso, a água tava bem fresca, eu mergulhava e olhava pra chácara, dava pra ver q o Jardineiro deu umas passadas por ali, kkk, claro, doido pra me ver, imagine o q se passava na cabeça daquele homem. Parei com os mergulhos e fiquei sentada na beira da piscina, foi qndo percebi de q de longe tava conversando o Sr Olavo com o Mendonça, mas tava com cara q eles queriam me espionar. Nessa hora, resolvi provocar, fiz um top less, claro de costas pra eles, sem deixar eles verem meus peitões e deitei de bruço, deixando minha enorme bunda pra cima, só pra ver como aqueles tarados reagiriam, kkk, confesso q nessa hora eu tava bem safada e putinha. Eu ficava olhando ao redor e claro q algum deles perceberiam como eu estava, e o Sr Olavo e o Mendonça me viram, e não se agüentaram e começaram a vir em direção a piscina, já imaginei q inventariam um pretexto para vir na piscina puxar conversa comigo. Chegaram próximo a mim muito sorridentes e tentando disfarçar q não olhavam na minha bunda. O Sr Olavo começou a puxar conversa, se a piscina tava boa, se tava gostando do lugar, o q eu tava achando do curso de Medicina, sobre minha família, tava na cara q era tudo pretexto pra ficaram admirando meu bundão e acho q queriam ver meios seios tmbm, como tava de bruço, da pra ver um pouco das tetas, haja vista o tamanho, kkk. Conversa vai conversa vem, pedi pra passar bronzeador nas minhas costas, pra excitar mais aqueles dois velhos tarados, o Sr Olavo falou q passaria sim e começou num vai e vem nas minhas costas, senti nas mãos dele, o tesão q ele tava, o safado tava babando pelo meu rabo, tava bem doido pra arrancar a calcinha do biquíni, ainda mais enfiado na bunda do jeito q tava, rsrs. O Mendonça ficava olhando e bem louco pra tocar no meu corpo tmbm. Acho q o Sr Olavo tava sem jeito pra passar no meu bumbum. Falei pra passar no bumbum, acho q ele foi ao delírio nessa hora, ele não via a hora, começou a passar, passou até mais firme, me deu um tesão naquela hora, quase pedi pra ele tirar de uma vez a calcinha, eu tava doidinha naquela hora, só não sei se mais doidos do que os dois. Ele perguntou se já tava bom de bronzeador, tomei consciência da situação e falei q sim, rsrs, mais um pouco aquilo terminaria em putaria. Os dois se sentaram a beira da piscina e vi q tavam com seus paus bem duros, minha bucetinha apertadinha ficou bem molhada de tesão, deu vontade de pular no colo dos dois e fazer a festa deles e tmbm a minha. Conversamos mais um pouco, aí pedi pra se virarem de costas, pra mim poder colocar a parte de cima do biquíni, bem q eles queriam ver meus peitões, o Mendonça até brincou q tudo o q é bonito é pra se mostrar, kkk, eles se viraram, e daí coloquei. Falei pra eles q voltaria pra casa, visto q a Nessa não teria como vir naquele dia ainda, foi a hora q bateu um desespero neles, kkk, falaram pra eu passar a noite ali pelo menos, pra pode curtir mais um pouco, pensei comigo esse dois velhos sem vergonhas tão de sacanagem, tão com segundas intenções. Mais falei tudo bem, q passaria sim, eles abriram um sorriso muito grande, daí voltei pro quarto, claro q a hora q fui indo, secaram muito minha bunda, tipo babando mesmo, e eu safada fui rebolando. Já era fim de tarde, tomei um banho bem cheiroso, no banheiro q tem no quarto em q eu estava, fiquei deitada um pouco, até cochilei por uma hora, aí acordei coloquei minha saia curtinha e fiquei de top mesmo, já era umas 19 00, tinha escurecido já, sai do quarto e na sala tava apenas o Sr Olavo, ele sorriu pra mim e perguntou se eu queria passear mais um pouco na chácara, ele disse q queria me mostrar mais um pouquinho, contou q já sabia q a empregada tinha me apresentado, mais q ele mostraria mais, e q tinha um ranchinho muito legal q ele montou há um tempo e que eu iria gostar muito de ver. Como tmbm não tinha muito o q fazer, pensei em fazer esse passeiozinho e conhecer o tal ranchinho. Então fomos pra fora da mansão e começamos a passear, a gente foi caminhando devagarzinho, ele tava mais saidinho nessa hora, me elogiava muito, disse q me achou simpática e q eu era uma boa companhia para a Vanessa, eu tava com a certeza de q aquele velho sem vergonha tava aprontando alguma, só tava vendo onde ele iria chegar, embora já noite, a iluminação da chácara era muito boa, um lugar muito bom para curtir, ao longo do passeio, chegamos ao tal ranchinho, o Sr Olavo foi ficando mais animado ainda do q já estava naquela hora, o ranchinho era a coisa mais humilde da chácara, de madeira mais velha, mais bem espaçoso, ele abriu o rancho, a luz era daqueles focos mais simples, tinha dois sofás, confesso q achei fora de contexto sofás em rancho, rsrs, no rancho tinha uns quadros com fotos mais antigas da chácara, com paisagens e cavalos, falei pra ele q achei bonito o rancho, ele aumento ainda mais a cara de guloso pelo meu corpo, ali ele se soltou ainda mais, disse q eu alem de linda era gostosa tmbm, acho q comecei a entender a ida para o rancho e os sofás por ali, o velho tava doido pra me comer, fiquei meio confusa se deixava rolar ou saia dali, mais ele foi falando q não conseguia parar de pensar em mim, e q qndo passou bronzeador em mim teve q se controlar muito pra não me assediar, pra não atolar a mão na minha bunda, na minha bucetinha e apertar meus peitões,naquela hora comecei a perder a noção, e acabei falando q eu tinha taras por homens bem ricos e velhos acabados como ele, o detalhe q eu tava com aquela saia curtíssima sem calcinha e com o top sem sutiã tmbm, ele não se agüentou e veio pra cima de mim, tacou-lhe a mão na minha bunda passando por debaixo da saia e apertando bem minha nádega, deu um tapão nela nessa hora, e me beijou com muita fome de sexo, ele me beijava e pegava firme na minha bunda, apertava-a com força, mais curiosamente me soltou, rsrs, falei não ta afim Sr Olavo? Vem me comer vem!, Nossa quase matei o velho ao falar isso, ele me chamou de tesuda, e disse q iria me comer com muita vontade, só disse q tinha mais uma coisa pra completar a felicidade dele, ele deu uma saidinha do rancho, fiquei meio sem entender, e logo ele voltou, pra minha surpresa, ele trouxe o Mendonça, o Osvaldo e o Jackson. Pensei putz, então ele veio com aquela conversa na piscina pensando nisso, pensando em fazer uma orgia comigo, tamanho era o tesão daqueles safados. Os caras tavam alucinados em estar sozinhos comigo no rancho, era o sonho daqueles quatro acabados, q não tem chance nenhuma com uma cavala gostosa como eu. O Sr Olavo falou para eles, olha só pessoal, hj vai ser uma festa, vamos ao céu hj, kkkkkk, ele riu muito safado, eles riram e se animaram, eu fiquei meio assustada, mas com muito tesao tmbm, pq orgia nunca tinha feito, e minha bucetinha e meu cuzinho apertados, acho q seriam estragados naquela hora. Daí pra frente aqueles safados se soltaram, começaram a me chamar de delícia, gostosa, vadia, falaram q eu tava me mostrando pra eles, e q eu tava com fogo na buceta pra dar, falaram q eu queria sentir homens de verdade e não viadinhos da faculdade, falei q senti sim uma tara por todos eles e q me passou sim pela cabeça dar pra eles. Bom aí eles começaram a se aproximar de mim, todos salivando sexo, era um tesão sem controle daqueles homens rústicos, só falei q se quisessem filmar alguma coisa ou tirar fotos, nada de aparecer meu rosto, pq vi o Osvaldo com celular na calça dele e claro q ele ou algum outro ali ia querer registrar aquela putaria, eles aceitaram a condição. Falado isso claro q o primeiro q veio atacando foi o Sr Olavo, eu ainda tava de saia e com o top, ele veio me apertando, me beijando e enfiando a mão na parte detrás da saia, levantando-a, aquela minha bunda gigante ficou toda a mostra, os outros três começaram a ficar pelados, percebi q o Mendonça e o Jackson estavam atrás, olhando o Sr Olavo apertando minha bunda e dando tapas fortes nela, eles começaram a me chamar de vadia, tesuda, gostosa, q tem q saber o q são homens de verdade, q eu com aquela bunda merecia levar bastante pau, eu tava com muito tesão, louca pra fazer a festa deles, então o Sr Olavo parou de me beijar na boca e caiu de boca nos meios seios, tirou meu top, e começou a mamar nas minhas tetas, ele falou q pelo tamanho eu devia ser siliconada, mais eu disse q era bem natural, me chamou de vaca tetuda, foi a hora q enquanto ele lambia, senti minha bunda sendo aberta, era o Mendonça querendo lamber meu cuzinho, olhei pra trás e vi a cara dele de felicidade, em abrir aquele rabo enorme e um velho como ele, pra la de acabado, enfiando a língua no meu cuzinho, eu gemi, ahh, ahh, ahh, eles me xingavam de vagabunda, q eu tava adorando aquilo, eu gemia mais ahh, ahh, ahh, pedia pra me chuparem mais, falava lambam seus velhos acabados e broxas, lambam a gostosa q vcs tanto tavam desejando, o Osvaldo começou a filmar aquilo e bater fotos, mais ele tava cuidando pra não pegar meu rosto, nossa eu nunca imaginei na minha vida, uma coisa daquelas, eu sei q ficaria com vergonha e nojo depois de transar só com aqueles bagaços, mais na hora não tava nem aí, o Mendonça lambia e guspia no meu cuzinho, ele começou a enfiar os dedos tmbm, aquilo me deixava doida, o Sr Olavo não parava de mamar nos dois seios, mamava muito, eu fui sacana e peguei no pau dele nessa hora, e eu gemia mais ahhh, aiíí´, ahh, ahh, seus tarados, me comam todinha, sou a vaganunda de vcs, eles ficavam mais doidos com essas palavras, o Sr Olavo dava uns tapas no meus seios, alem de lambe-los, o Mendonça não queria largar meu cuzinho, o Jackosn e o Osvaldo q só viam até o momento, ficavam se masturbando, e batendo umas fotos, princialmente do Mendonça fazendo a festa no meu cuzinho. Até q pararam um pouco, aí aproveitaram e todos ficaram pelados e o Mendonça me ajudou a tirar minha saia, q até então tava só erguida, ainda eu não tinha tirado, assim fiquei completamente pelada com aqueles safados tmbm, eles falaram q tinham q me colocar numa posição pra todos me comerem, eu falei q fazia a posição q quisessem, o Osvaldo veio me puxando pro sofá ele sentou primeiro, e me colocou em cima dele, então sentei no pau enorme dele, ele me chamou de piranha gostosa, de universitária putinha e biscate e q era pra dar o prazer ilimitado pra ele, minha bucetinha subia e descia no pau dele, o Mendonça mais uma vez veio atrás no meu cuzinho, dessa vez ele veio pra come-lo mesmo, veio com seu pau bem duro, e o miserável não passou nenhum lubrificante, foi introduzindo sua pica enorme e grossa, e ficou num vai e vem, eu gemia de tesão, ahhh, ahh, ahhhhh, soquem mais, eu dizia, eu tava com duas picas em dentro de mim, o Mendonça socava no meu cuzinho e dava tapas bem fortes no meu bumbum, me chamando de cadela e gostosa, o Sr Olavo tava filmando, eu tinha q ficar evitando q pegassem no meu rosto, eu tava muito puta naquela hora, só podia dizer isso, pq pra ta com um pau de um velho horroroso de mais de 70 anos com o pau no meu cuzinho e subindo e descendo com minha bucetinha enxercada no pau do porteiro semi-analfabeto, só sendo uma puta mesmo, mais tava muito gostoso aquilo, vendo aqueles safados se acabando de tesão, o Sr Olavo largou o celular e se aproximou com seu pau no meu rosto pedindo pra mim chupar e pediu pra mim ir batendo uma punheta pro Jackson, o Jackson tava meio com vergonha, ele esperava o Sr Olavo mandar eu fazer alguma coisa pra ele. Então tava assim, o Osvaldo socando sem parar na minha bucetinha, o Mendonça no meu cuzinho, o eu lambendo o Sr Olavo e tocando pro Jackson. Eu não parava de gemer, uuiii, ahhh, uhhh, vcs tão me fodendo muito, eles falavam q eu gostosa e tesuda daquele jeito merecia ser fodida por eles, falavam q com aquele corpo eu podia ser uma bela atriz pornô, q eu ia fazer a alegria de muitos homens, aquilo fazia eu me sentir mais puta ainda, deixava minha bucetinha pingando de tesão, confesso q tava bem gostoso sentir o pau do Sr Olavo na minha boquinha, eu ficava mamando com muita vontade, dizia pra ele, q pau gostoso Sr Olavo, falava não quero só na boquiha não, me fode completo, dizia q sorte a minha ter a Vanessa como amiga, por ela ter um vovo tarado e gostoso, ele ia ao delírio, e falava pra mim calar a boca, q eu era uma putinha safada, uma universitária putinha, falou para os rapazes me foderem sem parar, q uma puta gostosa e safada como eu, tem q ser tratada q nem uma cachorra mesmo, enquanto eu ia lambando seu pau, ele falava q enquanto os otarios da academia e da faculdade ficavam batendo punheta pensando em mim, eles saboreavam aquela maravilha toda, o Mendonça incrível, tava dilatando meu cuzinho, tamanha a força e a intensidade com q socava sua jeba, eu ahh, ahhhhhhhh, ahh, soque mais Mendonça, seu velho babaca, q fica secando moças novas, soca seu velho bisonho, veja o tamanho do rabo q ta nas suas mãos, nunca mais vai ter um desse de novo, ele falava cala a boca putinha, senão vai ficar sem esse seu cú arrombado. Eu xingava-os de putos safados, tarados, sem vergonhas, bisonhos, q eles deram muita sorte em ta me comendo, eles me xingavam de putinha, vagabunda, safada, cuzuda gostosa, aquilo realmente era uma orgia, uma orgia de da gosto. Saímos daquela posição, eu já tava meio arrombada, agora eles queriam ver o Jackson Jardineiro, socando no meu rabo, o Jackson é um negro, analfabeto e sem alguns dentes, deve ter uns 50 anos, ali o mais jovem era ele por sinal, falaram é a sua vez Jackson, o Jackson meio humilde falou mais senhor, pode ir primeiro, eu tava de pé esperando a decisão deles, o Sr Olavo falou, não Jackson pode ir, vc sempre foi humilde aqui no trabalho, e sempre trabalhou direito, vou premia-lo com o rabão dessa gostosa, eu falei vc não vão decidir logo, eles ficaram bravos, calma puta, vc já vai ganhar muita rola, e rola de negão, nesse seu cuzinho cheiroso e gostoso e de puta tmbm, Michellen o Sr Olavo me chamou, e falou pra mim ficar de quatro, e falou peça pro negão te fuder, mas primeiro peça pra ele lamber sua bucetinha e cuzinho e lamber eles, nossa a tara daqueles homens era enorme, não sei qual queria mais putaria q o outro, Fiquei de 4, empinei bem minha bunda, e falei vem negão, vem seu pobre miserável, q sempre desejou uma cavala com o cuzinho cheiroso todo pra vc, os tarados foram ao delírio, naquela hora o Mendonça gravou tudinho, não sei aonde aquilo ia parar, rsrs, então o Jackson veio, ele tava meio fedido, mais começou a abrir minha bunda, e chupa-la, empinei ainda mais, ahhh, ahhh, lambe negão, enfia bem essa língua, enfia seu preto fedido, ele lambia e enfiava os dedos, dava uns tapas fortes a minha bunda tmbm, meu bumbum ficava cada vez mais vermelho, o Mendonça, enquanto o Jackson me lambia, e eu de 4, veio e ficou lambendo minha tetas, me chamando de tetuda, que era uma delicia ficar mamando meus biquinhos, o Osvaldo veio com seu pau, e passava no meu rosto, o Sr Olavo passava junto seu pau, eu comecei a lambe-los, o negão enfiou três dedos, mais como meu cu dilatou um pouco, ele tentou enfiar toda a mão, e conseguiu, eu gritei, e o xinguei de preto vagabundo, ahhhh, ahhhh, fodam mais, fodam essa delicia de morena q vcs tem na mão, eles ficavam rindo, e comentavam q sabiam q eu só me fazia, e reparavam nas minha reboladas de quem estava querendo pau. Aiii, uuii, delicia de pau q vcs tem, sim seus putos, eu tava provocando com minha linda bunda, ahhh, ahhh, o negão começou a socar sua tora, e me enlouquecia, comam, fodam, ahhh, uuuiii, vou gozar daqui a pouco com toda essa meteção, ahhh, uuii, eles falavam pra mim calar a boca, e que viria muito mais pau, q eu ia sair dali sem conseguira andar direito. Aí pararam um pouco, eu deitei no sofá pedi, pra ficarem mamando nas minhas tetas, veio o negão e o porteiro, um em cada teta, na o Sr Olavo e o Mendonça abriram minhas pernas e os dois juntos começaram a socar seu paus juntos na minha buceta apertadinha, eu ahhhhhh, uuuiiii, ahhh, gostoso, gostoso, isso dois paus na minha bucetinha, ficaram num vai e vem insano, e os dois sugavam meus biquinho dos seios e tmbm os apertavam, socavam, eu aii, uiii, ahh, ahhh, ahhhh, eles tmbm gemiam, tavam quase gozando, eee, putz, o Mendonça bisonho, gozou lambuzou minha bucetinha e meu abdômen de porra, tava bem quentinha, o Sr Olavo ainda tirou seu pau a tempo, o Mendonça falou um palavrão, disse q queria mais minha buceta, meu cuzinho e minhas tetas, eu ri, e disse não agüentou NE seu safado, e enquanto eu falava o Osvaldo tmbm não agüentou e veio gozar na minha cara, me encheu de porra, veio no meu olho e boca, escorreu pelo rosto, só ficou o Sr Olavo e o Negão, eles falaram q iam fazer eu gozar antes dele, os outros amoleceram seus paus, bom o Sr Olavo sentou no sofá e pediu pra eu subir no seu pau, ele queria socar na minha bucetinha e ficar apertando meus seios com força, fizemos isso, sentei, e não é q tava gostoso, falei nossa Sr Olavo como o senhor com essa idade, consegue meter tão gostoso assim, ele falou sabia q ia gostar sua putinha, vc tem cara q gosta de ser fudida e bem fudida, ainda mais por um tarado como, ahhhhhh, vc ta certo Sr Olavo, sou sua putinha nesse momento, a cavala q vc sonhou comer aquela hora na piscina, ele esmagava suas mãos nos meus seios, era muito desejo, e eu subia e descia eu seu pau enorme, os outros só olhavam, mais acho q os dois q gozaram, tavam sem forças pra endurecer de novo, nessa, aconteceu, o Negão chegou perto das minhas tetas, e as preenchou de porra, sobrou até para as mãos do Sr Olavo, ele aproveitou e passou a porra q tava na mão do negão na minha boca, eu lógico q lambi, pronto faltava só o resistente Sr Olavo, mais ele começou a socar de um jeito, com muita vontade e força, aí me deixou de 4, e da-lhe tapa na minha bunda, cachorra puta, me chamava, vou faze-la gozar e pedir mais pau de velho, porteiro e pobre no seu rabo, e começou a socar sem parar, eu ahhh, ahhh, uuiii, uuii, eu comecei a gritar mais alto, ahhhhhh, seu vagabundo, velho brocha, ahhhhhh, vou gozar, vou gozar, ahhhhhhhhhhhhhh, puuuutoooo, me fudeu direitinho, ele, pronto agora la vai porra, e quero colocar bem dentro do seu cuzinho, toma sua puta, ele abriu bem meu cuzinho, e deu um urro, q até quem tava fora da chácara escutou, foi muita porra, entupiu e escorreu porra no meu cuzinho, eu esmoreci e até ele tmbm, tudo aquilo filmado, nem vi quem filmou dos três, kkkk, bom a gente tava acabado, deitamos todos juntos ainda pelados, mesmo todos de pau mole, não paravam de passar a mão na minhas tetas, bucetinha e cuzinho, eles realmente conheceram o céu naquele dia, aí eles me comeram mais um pouco, nossa eu tava cheirando muito pau daqueles safados, cheguei cheirosa do banho, fiquei com aquele cheiro de porra, eu tava grudenta tmbm, aí dormimos, e de manhã levantamos e nos vestimos, eu ganhei uns tapas na bunda e no meus seios enquanto me vestia, falaram q eu era muito puta e safada, mas uma cavala de uma gostosa, e q uma outra daquelas com eles ou com alguns amigos deles seria ótimo, eu falei q dava pra ser, eles ficaram doidos. Terminamos de nos vestir e saímos, eu meio bamba, e com dor no meu bumbum(no cuzinho mesmo), aí voltei pra mansão com o Sr Olavo, os porteiro Osvaldo e o Jardineiro negão Jackson, foram para o serviço, o Mendonça acabou indo embora, tomei um café com o Sr Olavo e depois resolvi ir embora, me despedi falando q ia pensar no caso dos amigos deles, qnto a Vanessa não contei a ela, e acho q ela não ficou sabendo por ninguém. Bom pessoal era isso, acho q foi picante né, eu adorei aquela orgia pelo, foi uma ótima foda...fui, quem sabe tenha uma próxima.



#10060 Comentários - 22-04-2017 - 03:47 AM por xg - Fetiches - Confirmo, É EXCITANTE (9) - Nota negativa! (2)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.